Vereadores se preparam para o penúltimo ano do mandato no Poder Legislativo

Recesso parlamentar segue a previsão do Regimento Interno da Casa

Após quase 45 dias de recesso, a Câmara de Vereadores abre os trabalhos de 2019 apenas no próximo dia 19. A data segue previsão no Regimento Interno da Casa. Com as mudanças provocadas pela posse de Welberth Rezende (PPS) na Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) e com o retorno de Guto Garcia (MDB) para a secretaria municipal de Educação, o plenário contará com a presença de dois novos parlamentares: o novato Reginaldo do Hospital (PROS) e com, o já experiente, Luciano Diniz (MDB).

Além disso, há também a expectativa da saída de George Jardim (MDB) que, após assumir posição de independência na Casa, voltou a ser sondado pelo governo para retornar ao grupo dos secretários. No lugar dele entraria o segundo suplente do MDB, o médico Márcio Barcelos.

Além da dança das cadeiras, o plenário da Câmara Municipal viverá a recomposição dos discursos políticos dos parlamentares. Há quem diga que mesmo da bancada do governo, vereadores estão prontos para atacar o Poder Executivo.

Momento expressivo da política local, o retorno dos trabalhos em plenário da Câmara abre também o período de avaliação de projetos que já ensaiam disputa pela sucessão do governo da mudança.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here