TECAB (Terminal de Cabiúnas em Macaé, RJ)

Usina Termelétrica atenderá demanda industrial e garantirá escoamento de gás natural

Com investimento estimado em mais de R$ 1 bilhão, e tecnologia de ponta a nível mundial, o projeto da Usina Termelétrica Vale Azul II, desenvolvido pelo Grupo EBTE Engenharia, está previsto para começar a ser construído em Macaé no primeiro semestre do próximo ano.

Depois de vencer leilão da Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL), garantindo assim a produção de energia para alimentar o novo ciclo de desenvolvimento da cidade, a Vale Azul II também cumpre todas as etapas de licenciamento, o que permite a realização das obras.

Primeiro projeto a ser implementado no CLIMA (Complexo Logístico e Industrial de Macaé), a Usina Termelétrica produzirá energia através do gás natural que será fornecido pelo Terminal Cabiúnas.
Com a operação da Vale Azul II, Cabiúnas poderá aumentar a capacidade de processamento de gás, influenciando diretamente nas operações de produção nas Bacias de Campos e de Santos, amenizando um dos principais gargalos das atividades offshore no país.

Incentivos garantidos pelo Ministério de Minas e Energia, nesta semana, ao projeto da usina termelétrica Vale Azul II ajudam a consolidar o empreendimento de R$ 1 bilhão que será erguido em área do Complexo Logístico e Industrial de Macaé (ACIM) até a metade do próximo ano. Nesta ano, o Ministério de Minas e Energia confirmou a inclusão do projeto no sistema de operação como produtor independente de energia.

A Vale Azul II também foi aprovada pelo Ministério como projeto prioritário e enquadrada junto ao Regime Especial de Incentivos para o Desenvolvimento da Infraestrutura (Reidi), contribuindo assim como a consolidação de investimentos para a construção e operação da unidade.

O projeto da Vale Azul II será executado pelo grupo Mitsubishi, terá capacidade de 466,3 MW. A previsão é que o período para execução das obras comece no próximo dia 30 de junho, indo até o final de 2021, demandando investimentos de R$ 1,112 bilhão, sem contar a incidência de impostos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here