Agentes militares realizam patrulhamento ostensivo por tempo indeterminado nas comunidades da Nova Holanda e Malvinas - Divulgação/PM 

Cabo Santana teria sido alvejado com um tiro na perna esquerda, durante tiroteio entre traficantes nas Malvinas

Um intenso tiroteio, na noite de última quarta-feira (26), assustou moradores das comunidades Botafogo e Malvinas na noite de última quarta-feira (26), onde resultou a morte de um adolescente identificado como Iago Generoso dos Santos, de 17 anos.
Durante o confronto, o cabo Santana, da Polícia Militar do 32º BPM de Macaé, foi alvejado com um tiro na perna esquerda, sendo socorrido pelos militares e encaminhado para o Hospital Público de Macaé (HPM). O militar segue internado na unidade de saúde e passa bem.

Um morador da comunidade das Malvinas registrou momento intenso entre PM e bandidos durante a troca de tiros.

Quem reside na Rua F, relata que o momento foi de medo, já que durante o confronto crianças e adultos estavam em via pública.

Na manhã desta quinta-feira (27), policiais militares realizaram patrulhamento ostensivo na região com objetivo levar segurança aos moradores e localizar bandidos que permanecem escondidos dentro da comunidade.

Na semana passada, criminosos da região efetuaram vários disparos contra policiais militares do contêiner da Malvinas. Para os moradores, o confronto de ontem foi para dá uma resposta imediata aos criminosos que tentam impedir a entrada da Polícia Militar na comunidade.

Ainda na manhã desta quinta-feira (27), o comandante do 32º BPM, coronel André Henrique Oliveira, informou que tendo em vista os últimos confrontos ocorridos nas comunidades Malvina e Nova Holanda, agentes militares reforçaram a segurança nessas localidades por tempo indeterminado visando manter a ordem pública.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here