Macaé recebe encontro internacional de grafite a partir do dia 26
Macaé recebe encontro internacional de grafite a partir do dia 26

Organização criou campanha para arrecadar recursos para a realização do evento

Consolidado com um dos principais eventos de grafite do Brasil, o evento internacional Kolirius chega a sua nona edição, trazendo 35 participantes do Brasil e do mundo para Macaé. O encontro de artistas urbanos será realizado a partir do dia 26, a partir das 9 horas, fazendo parte das comemorações do aniversário da cidade. Como acontece todos os anos, um espaço público é premiado com as tintas mágicas dos artistas e, em 2019, foi escolhida o Colégio Municipal Professora Maria Letícia Santos Carvalho, na Granja dos Cavaleiros.

Para Marlon Muk, artista que organiza o evento, a cidade já se tornou uma referência nacional do grafite e estimulando a criatividade dos jovens e alegrando a cidade com esses desenhos incríveis. “Muitos artistas vão ficar na cidade depois do evento, que tem previsão de encerramento para o dia 29. Eles querem curtir a cidade e deixar suas artes estampadas em mais lugares”, diz o organizador.

Surgido na década de 70 em Nova Iorque, nos Estados Unidos, a arte do grafite é caracterizada por desenhos em locais públicos, com tinta spray, ficando muito famosas por ilustrarem os trens do metrô da megacidade americana. O termo grafite é de origem italiana e significa ‘escrita feita com carvão.

“Precisamos muito do apoio de todos para realizar o Kolírius todos os anos. Fazemos um esforço imenso para que possamos ter um evento dessa importância em Macaé”, revela Muk, com um ar de preocupação, mas confiante.

RECONHECIMENTO – O Kolirius já ganhou a simpatia e o reconhecimento da população e é realizado desde 2011, levando a arte da cultura urbana a prédios públicos e oito já foram beneficiados, em diversos bairros.

“Esse evento já é um marco na cultura da cidade. Diversas pessoas direcionam seus olhares para Macaé por conta do Kolirius e as empresas já começaram a se identificar com essa arte tão expressiva do grafite, estampando nas fachadas e nos interiores de seus estabelecimentos. E é um sucesso. O Macaé Convention & Visitors Bureau (Macaé CVB) apoia e incentiva as demais organizações a valorizar o evento e a arte do grafite”, afirma Guilherme Abreu, presidente da instituição.

CONTRIBUIÇÃO – Sempre correndo em busca de recursos financeiros para realizar o evento, Muk abriu uma campanha para arrecadar fundos em um dos portais de crowfundind mais conhecidos do país. Ele espera conseguir R$ 12 mil no total. “Conseguimos arrecadar pouco mais de R$ 4 mil. Precisamos andar rápido para custear as tintas, nosso principal produto para desenvolver essa arte. Mas acreditamos que, com a ajuda de todos, cada um contribuindo com um pouqinho, vamos chegar lá”, conta confiante o artista macaense.

Quem quiser contribuir com o evento pode ajudar com qualquer valor através do link http://bit.ly/kolirius9

ESPAÇOS PREMIADOS – Veja quais espaços públicos foram escolhidos e estampam a arte do grafite para a apreciação do público:

2011 – Colégio Estadual Municipalizado Polivalente – Costa do Sol.

2012 – Muro em frente ao 32º Batalhão da Polícia Militar, à Rua Luiz Fernando de Aguiar – Fronteira.

2013 – Colégio Estadual Luiz Reid, na Rua Silva Jardim – Centro

2014 – Colégio Irene Meirelles – Imbetiba.

2015 – Em vários muros no centro da cidade.

2016 – Muro da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras (Fafima)/Colégio Luiz Reid.

2017 – Escola Municipal Jacyra Tavares Duval – Novo Cavaleiros.

2018 – Colégio Municipal Maria Isabel Damasceno – Centro

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here