Doação de sangue do ‘Sapecado’, como é popularmente conhecido. Ele é o presidente do Paraíso Futebol Clube.

Visando interagir os clubes com a população, Liga Macaense de Desportos promove ação social

Doação de sangue por meio dos seus atletas é uma das campanhas solidárias promovidas pela Liga Macaense de Desportos, com o objetivo de integrar os seus clubes à população, principalmente frente à pandemia do coronavírus.

Segundo Juper Ribeiro, responsável pelo marketing da associação, o Wanderson Agostinho, presidente da Liga, quis repetir a ação social que foi um sucesso no ano passado, propondo que os 32 times indiquem no mínimo cinco pessoas, sejam dirigentes, jogadores, torcedores ou seus familiares, para a doação de sangue no Hemocentro de Macaé, ajudando a salvar vidas.

“A meta é entregar no mínimo 160 bolsas de sangue. Os times das cidades vizinhas que estão participando da competição, também estão doando, como o ‘Borussia do Jardim’, por exemplo, que é um time de Cabo Frio, e veio participar da nossa competição na Série B do campeonato macaense”, pontua.

Parte do time do ‘Borussia do Jardim’ de Cabo Frio e que participará pela pela primeira vez da competição.

De acordo com Juper, em 2019, primeiro ano da campanha, foram doadas mais de 30 bolsas, mas, nesse ano, a ação é item obrigatório no regulamento e, para participar das competições, são necessárias, além das doações, da comprovação feita através de assinatura e carimbo do Hemocentro e, no cartão de doação, cedido pela Liga Macaense de Desportos.

Vale ressaltar que essa é uma das ações sociais que a associação propõe aos clubes para que interajam com a população, sobretudo, a de Macaé. Além dessa há ainda a campanha de arrecadação e doação de alimentos, onde cada clube deve doar 5kg de alimentos em cada jogo disputado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here