Foto Divulgação

Para os alunos, abertura de cinco novas turmas do 6º ano de escolaridade, reforço nos atendimentos pedagógicos especializados e específicos, investimento na robótica e Banda Marcial. Para professores e funcionários, nova sala com estrutura, novos computadores e, até mesmo aulas de pilates e zumba (no turno da noite). Se depender da dedicação dessa equipe, a Escola Municipal Paulo Freire (Lagomar) já abrirá o ano letivo com chave de ouro.

O objetivo das novas turmas é, segundo o secretário de Educação, Guto Garcia, facilitar a permanência dos alunos do 5º ano de escolaridade, na própria escola, sem necessidade de irem para outras unidades do segundo segmento do Ensino Fundamental. A expectativa, de acordo com a direção da escola, é receber em 2020, 1.100 alunos do 1º ao 5º ano, estudantes da Educação de Jovens e Adultos, além das novas turmas.

O secretário destaca que, neste ano, as escolas municipais contarão com medidas pedagógicas e preventivas que vão contribuir com o ensino e o bem-estar de alunos e profissionais. “Estamos ampliando o número de escolas com a construção de novas no Lagomar e Ajuda, além de salas de aulas em unidades como Paulo Freire (citada na matéria) e Oscar Cordeiro “.

Aulas de reforço em português e matemática, atividades do Centro de Esporte e Educação, ministradas em parceria com o Sesi/Firjan, vão prosseguir na instituição, de segunda a sexta-feira, nos horários divergentes aos de aula. A escola vai oferecer, ainda, atividades lúdicas esportivas (jogos cooperativos, voleibol, basquete), artes (musicalização, teatro, dança, canto), atividades de educação ambiental e ações voltadas para o desenvolvimento humano (palestras, dinâmicas e jogos com os estudantes).

Para 2020, a escola vai promover ações pontuais para estudantes como recreação, ensaios da banda escolar e culminância de projetos como o Dia da Família na Escola, na nova quadra da instituição, que poderá também ser usada por moradores em ações diversas, seguindo um cronograma agendado com a direção da unidade.

Premiação

Única representante do Estado do Rio selecionada, a Escola Paulo Freire se destacou com o projeto Acolher para Crescer, na votação popular do programa Educar para Transformar, do Instituto MRV, em 2019. A premiação será R$ 30 mil para investir nos projetos escolhidos.

Para melhor receber os alunos na primeira semana de aula, serão realizadas atividades de acolhimento para estudantes, pais e responsáveis com dinâmicas de integração.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here