A doação de sangue é fundamental para manter os estoques de bolsas, que podem salvar vidas - Arquivo O DEBATE

Em Macaé, procedimento pode ser feito de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 12h30, no Hemocentro

Salvar vidas, além de ser um ato de amor, é gratificante para as pessoas que colaboram com o próximo. A doação de sangue é importante para manter a existência humana. Em Macaé, a população pode fazer essa doação no Hemocentro.

Nesta segunda-feira (25), é comemorado em todo o Brasil o Dia do Doador Voluntário, iniciativa que visa conscientizar as pessoas sobre a importância desse simples gesto.

Infelizmente é recorrente no Brasil o baixo estoque nos hemocentros, principalmente nos períodos de férias e feriados prolongados. Como Macaé atende a maioria dos casos ocorridos na BR-101, é importante manter o estoque abastecido com todos os tipos sanguíneos, principalmente “O negativo”.

A coleta funciona de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 12h30, no Hemocentro. Segundo o Ministério da Saúde podem doar sangue pessoas com peso de, no mínimo, 50 quilos, entre 18 e 69 anos. Também são aceitos candidatos à doação de sangue com idade entre 16 e 17 anos, com o consentimento formal do responsável legal.

Pessoas que não podem doar sangue, temporariamente, são as que fizeram transfusão de sangue, tatuagem há menos de um ano ou tenham sido vacinadas.

Já pessoas que usaram drogas na veia (mesmo que tenha sido apenas uma vez na vida); homens e mulheres com múltiplos parceiros sexuais; parceiros sexuais que sejam infectados pelo vírus HIV; e pessoas com histórias prévias e recentes de DSTs não podem ser doadoras.

O procedimento usual é exigir que o doador apresente um documento com foto, emitido por órgão oficial, e que seja válido em todo território nacional; não pode estar em jejum, evitando apenas alimentos gordurosos por, pelo menos, três horas antes; não ingerir bebida alcoólica nas 12 horas antes da doação; evitar fumar por, pelo menos, duas horas antes.

É importante ressaltar que doar não causa ganho de peso, anemia, não afina o sangue, não obriga a pessoa a doar sempre, não vicia e não há risco de contaminação.

O Ministério da Saúde também alerta que, no Brasil, a remuneração pela doação de sangue é proibida.

Para mais informações sobre o Hemocentro de Macaé, a pessoa pode entrar em contato através do número (22) 2796-1756. Ele fica situado na Rua Dr. Bueno, nº 40, anexo ao Hospital São João Batista, no Centro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here