De acordo com estimativa da Polícia Militar mais de oito mil pessoas prestigiaram a festa

A abertura do Carnaval 2019 em Macaé ficou por conta do Bloco Batukada Brasil, um dos mais esperados do ano, que agitou os foliões na Praia Campista durante toda a tarde do último domingo (17). O bloco levou milhares de pessoas para a orla, que vestidas com a camisa do grupo, dançaram ao som de muito samba, rock, pagode e axé.

Os foliões começaram a chegar por volta das 13 horas, horário que estava marcado para a concentração do agito, na Praia Campista. Para que o trio elétrico e todo o aparato de apoio pudesse desfilar a Avenida Atlântica ficou interditada ao trânsito onde só entravam moradores para chegar às suas casas. A saída para o trajeto aconteceu por volta das 15 horas e animou a galera até às 18h30.

As pessoas que compraram o abadá ficaram em uma área reservada, mais próximo ao trio e tiveram direito a bebida liberada. Mas quem estava do lado de fora também pôde curtir o trio, que teve total segurança, com o apoio da Polícia Militar, Mobilidade Urbana e Guarda Municipal. Uma ambulância da Cruz Vermelha também acompanhou os foliões, pronta para atender a qualquer tipo de emergência.

O grupo Batukada Brasil tem em sua essência o samba e, a partir dele, incrementa uma grande variedade de temperos, com instrumentos característicos de escolas de samba, tocando músicas de vários estilos, sempre ritmado no balanço do samba.

Segundo o fundador e realizador Fabrício Carvalho, nesta edição o Bloco Batukada contou com o patrocínio do Colégio Atlântico e parceria da Cacildis, a cerveja do Mussum, e o apoio da Qualificada Comunicação Visual e do Rápido Mineiro. “O Bloco Batukada foi criado com a proposta de trazer lazer e diversão para a população macaense. E isso foi proporcionado no último domingo. De acordo com estimativa da Polícia Militar mais de oito mil pessoas prestigiaram a folia. Nenhum incidente grave foi registrado. Muitas famílias presentes e quem estava nas janelas dos prédios de frente para orla cantou e dançou. Os ambulantes também saíram bastante satisfeitos com as vendas”, comentou Fabrício.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here