Com nove pontos, o Serra Macaense é o terceiro no Grupo B do Campeonato Carioca - Série B1 - Eduardo Araújo/Serra Macaense

Um dos destaques da partida contra o Itaboraí, o meia Diego Torres diz que resultado depende do trabalho coletivo

No último final de semana, o Serra Macaense garantiu mais uma vitória importante no Campeonato Carioca-Série B1. Com uma goleada por 4 a 1 em cima do Itaboraí, na partida válida pela quinta rodada da Taça Santos Dumont, o Verdão segue apenas a um ponto atrás do vice-líder do Grupo B, o Campos.

O jogo aconteceu no último sábado (22), no Estádio do Ferreirão, em Cardoso Moreira. Os gols foram de Iago, João Marcos e Diego Torres (2). Com esse resultado, o Serra continua na terceira posição da tabela no grupo. Dos nove pontos conquistados até agora (quatro jogos, três vitórias e uma derrota), seis foram conquistados em casa (local com o mando de campo), o que rende 100% de aproveitamento.

Já fora, o Verdão conquistou três pontos, o que rendeu 50% de aproveitamento (uma vitória e uma derrota). No total, o aproveitamento é de 75%. Lembrando que o Serra Macaense tem um jogo a menos em relação aos adversários do Grupo.

O próximo compromisso pelo Campeonato Carioca será no domingo (30), contra o atual líder, o Bonsucesso, no Estádio Moça Bonita, na capital fluminense. Antes disso, o Verdão terá o jogo de volta da Copa Rio, contra o Campos, na quinta-feira (27), em Cardoso Moreira. No primeiro duelo, o jogo terminou empatado em 0 a 0.

Um dos destaques da temporada, o meia Diego Torres ressalta a importância de todo o grupo para os resultados serem alcançados. No caso da Copa Rio, que será um jogo de mata-mata, ele aponta a necessidade de não relaxar os 90 minutos.

“Já viramos a chave na reapresentação e começamos a viver o Campos. Ainda não conseguimos marcar contra eles em dois jogos e sabemos que para avançar temos que fazer gols, lógico que respeitando sempre a equipe adversária, pois lá tem ótimos jogadores e não é à toa que está fazendo uma ótima competição. Penso que essa partida será decidida no detalhe e acredito que a união do grupo possa fazer diferença. Estamos todos conscientes das dificuldades que vamos encontrar, mas estamos juntando forças para fazermos um grande jogo na quinta-feira”, finalizou.

Recém-chegado ao time, o meia falou sobre a sua adaptação no clube. Essa é a primeira vez que o jogador está atuando por uma equipe do Rio de Janeiro. “Acredito que fiz a escolha certa em vir para cá, como falei em minha chegada e agora conhecendo mais o clube. Fui muito bem recebido por todos aqui, desde os funcionários até os jogadores, me sinto como se já fizesse parte do grupo desde o primeiro dia que começou a pré-temporada para a competição. Em questão de adaptação ao futebol carioca, posso dizer que fui surpreendido, pois as informações que eu tinha é que não era um futebol tão disputado, aguerrido, brigado, mas me enganei. Aqui se não competir, você não ganha os jogos, pois a competição e as equipes são muito niveladas”, revelou Diego Torres.

Apesar do rendimento crescente, o atleta entende que pode melhorar ainda e evoluir para auxiliar o Serra Macaense. “Quando cheguei já estava parado há alguns dias, pois meu ex-clube tinha encerrado a competição. Então fiquei mantendo a forma em uma academia em Caxias do Sul, mas não é a mesma coisa do que treinar todos os dias, sem falar no ritmo de jogo que acaba se perdendo. Hoje já me sinto muito melhor do que quando cheguei. Agradeço a comissão técnica, que tem tido um cuidado especial comigo, para que eu possa estar logo nos 100%. Acredito que eu já esteja chegando perto disto”, enfatizou.

Vitórias nas equipes de base

Goleada em dose-dupla, e com o mesmo placar, os Moleques do Serra (Sub-20), também venceram o Itaboraí. Os gols foram marcados por Anderson Miguel (2), Mateus Rosário e Neemias.

O técnico Rodriguinho parabenizou seus atletas e valorizou o resultado expressivo. “Saímos vencendo e em seguida levamos o gol de empate. A equipe se portou muito bem, mesmo com alguns erros que conseguimos corrigir durante o próprio jogo. Quando teve a parada técnica do segundo tempo pedi também que não se desorganizassem atrás do gol da vitória, porque ainda estava 1 a 1. Conversamos naquele tempo escasso ali e acertamos os detalhes. Graças a Deus deu certo e fizemos três gols em pouco mais de vinte minutos, que nos deu essa importante vitória. Um resultado fundamental para nossa caminhada e que premia o coletivo. Vamos comemorar esses três pontos, descansar neste domingo para virar a chave e já pensar no jogo de volta do Torneio OPG na próxima quinta-feira”, apontou.

No domingo (23), foi dia de estreia das categorias sub-17 e sub-15, na série B1/B2. O jogo pela primeira rodada aconteceu no Moacyrzão.

Porém, não da forma que todos esperavam, dentro de campo, com o futebol jogado e a possibilidade dos meninos comandados pelos técnicos Max Pereira e Fabiano Mourinho, respectivamente, apresentarem aquilo que se prepararam desde abril. O Campos não compareceu ao jogo e os resultados foram por W.O.

Na segunda rodada da competição, o confronto do Serra Macaense será diante do Maricá, no domingo (30), a partir das 13h30min, fora de casa.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here