Francisco Navega está entusiasmado com perspectiva da retomada da economia para 2019

Francisco Navega, presidente da Associação Comercial, concedeu entrevista exclusiva ao jornal O DEBATE

 

O novo presidente da Associação Comercial e Industrial de Macaé (ACIM), Francisco Navega, concedeu entrevista exclusiva ao Jornal O DEBATE, na manhã de ontem (9). Entre os principais assuntos abordados, o empresário destacou a retomada da economia local com a perspectiva do início das obras do Terminal Portuário de Macaé (Tepor), da Estrada de Santa Tereza e da Termoelétrica, além dos voos comerciais no Aeroporto de Macaé, previstos para ocorrer ainda neste ano de 2019.

“Todos os órgãos de imprensa começam a colocar o município de Macaé como protagonista dentro do Estado do Rio de Janeiro. A perspectiva de investimento para 2019 são espetaculares. Devido a esta conjuntura tão grandiosa que estamos vivendo para este ano, tenho a certeza que Macaé voltará a ser o centro das atenções no Estado”, disse Francisco Navega.

Indagado sobre a expectativa da realização da 10ª edição da Feira Brasil Offshore, que acontecerá nos dias 25 a 28 de junho, em Macaé, o presidente da Acim foi categórico na resposta: “As expectativas são fantásticas. Já estamos participando de reuniões antecipadas com os organizadores. A Associação Comercial terá o seu espaço dentro da feira. Hoje estamos em recuperação da economia, o valor do barril do petróleo está aumentando, temos um novo governo tanto na esfera federal quanto na estadual. A expectativa é que mais de 50 mil profissionais visitantes e 300 milhões em novos negócios estejam envolvidos no evento, confirmando a sua credibilidade como grande encontro da rede de fornecedores da indústria de petróleo e gás do primeiro semestre de 2019. Essa feira será um ponto alto da retomada, e que bom que será aqui em Macaé”, completou.

Francisco Navega reafirmou que a Associação Comercial pretende ser um grande parceiro da Prefeitura, pois considera fundamental as instituições trabalharem juntas em prol do desenvolvimento econômico da cidade. “Nó somos muito parceiros da Prefeitura e quero que isso continue ao longo do ano. Quero estar pessoalmente com o prefeito e pedir para que as empresas possam ter uma inserção maior dentro de Macaé participando das licitações. Precisamos também ter um pouco mais de cuidado com a infraestrutura do Calçadão da Avenida Rui Barbosa e buscar atrair maior movimento de munícipes e turistas para esta localidade”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here