O prefeito informou ainda o telefone (22) 2796-1015 para denúncias, caso as pessoas vejam estabelecimentos descumprindo regras e funcionando normalmente. Foto Divulgação

É preciso ‘achatar a curva’ esta semana, revela o prefeito

Na manhã da última segunda-feira (23), o prefeito de Macaé, Dr. Aluízio, orientou mais uma vez a população macaense sobre a necessidade de ficar em casa diante dessa pandemia do coronavírus, principalmente, nesta semana.

O Decreto 37/2020 assinado na última sexta-feira (20), o qual suspende temporariamente as atividades de centros comerciais e shoppings centers, foi mais uma medida protetiva para evitar que a população macaense saia de casa, visto que uma das recomendações é que as pessoas se resguardem em suas casas, evitando o contágio e, assim, a propagação do vírus.

“É crucial evitar se encontrar nessa semana para ‘achatarmos a curva’, evitando que essa curva ganhe o céu, levando a um número de mortes. É fundamental ainda compreender a fala do Ministro da Saúde ao dizer que 50% das pessoas terão coronavírus. Em Macaé, temos 250 mil habitantes, para arredondar a conta, metade disso, se 125 mil habitantes tiverem o coronavírus, 2% morrerão (2.500 pessoas). É muita gente que vai morrer, se não evitarmos o contágio agora”, frisou o prefeito.

Inúmeras atividades na cidade estão suspensas, como escolas da rede pública e privada, academias, universidades, centros comerciais e shoppings centers, porém, apesar disso, muitos estabelecimentos continuam colocando a vida humana em riscos, funcionando de maneira irregular, já que não estão obedecendo o decreto.

“Os estabelecimentos que tiverem abertos, por ofício, a gente irá cancelar o alvará, sem precisar colocar a vida dos nossos fiscais em riscos, os colocando para autuar esses espaços. Se descobrirmos, a gente vai caçar e eu publicarei os alvarás caçados”, ressaltou Dr. Aluízio.

O prefeito informou ainda o telefone (22) 2796-1015 para denúncias, caso as pessoas vejam estabelecimentos descumprindo regras e funcionando normalmente. O decreto é válido até o dia 29/03/2020, data a qual o prefeito informará se será prorrogada ou não.

“A gente tem uma semana para evitar que Macaé não tenha um avalanche de mortes”, salientou o prefeito.

2 COMENTÁRIOS

  1. Quanta desinformação e pânico desnecessário, metade da população infectada? 2.500 mortes? Esse número de infectados (125 mil) nem chega perto dos números da Itália (mais de 63 mil casos) e nem da China (81 mil) que foi o pior país, e olha que eu estou falando de PAÍSES.
    Vamos parar com essa histeria, pois daqui a pouco teremos problemas bem maiores que o Corona vírus

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here