Wanderley Gil ganha homenagem dupla pelo Dia do Fotógrafo e pelo aniversário

74
Wanderley Gil é profissional que faz a diferença como fotógrafo jornalístico no cenário artístico da cidade.

O aniversariante de hoje (9), é especial. Trata-se do fotógrafo Wanderley Gil. E, para ele, muitas homenagens, pelo transcurso, também, pelo Dia do Fotógrafo, ocorrido ontem (8).

Sensibilidade, olhar apurado e profundos estudos e muito talento estão entre as qualidades de um bom fotógrafo. Esses são alguns dos ingredientes que fizeram o repórter fotográfico Wandeley Gil conquistar o mercado e se tornar um dos melhores profissionais de Macaé e região há mais de 40 anos, capturando as melhores imagens ao registrar e transmitir a mensagem visual do jornal O DEBATE, diariamente. Devemos somar a isso, também, a cobertura de eventos não só neste, como em outros municípios, uma vez que ele se tornou conhecido e ultrapassou fronteiras.

‘Leley’, como é carinhosamente chamado pelos mais íntimos, ganha homenagem especial pela passagem do Dia do Fotógrafo, 8 de janeiro, e pelo seu aniversário que acontece nesta quarta-feira (9), merecendo o carinho e a admiração não só de todos os macaenses, mas, também, de representantes de instituições importantes que tiveram fatos registrados pelas lentes de Gil.

É preciso ressaltar que Wanderley Gil consegue realizar verdadeiras proezas em prol de uma imagem perfeita, vencendo obstáculos das mais diversas naturezas para obter uma boa imagem que fala mais do que palavras.

Wanderley Gil

Realmente, o fotografo é um profissional que traz na sua bagagem as experiências e os aprendizados do seu pai, também fotógrafo Wandeley Silva, que lhe ensinou o ofício desde criança. Diariamente, sai às ruas de Macaé, sempre munido de sua câmera, da qual não se separa nunca. Pelas madrugadas, de bicicleta, percorre não só o litoral, mas também a região serrana, registrando dos mais diferentes ângulos, a natureza nas suas lindas formas do amanhecer com o sol nascente ou o entardecer. “São fotos espetaculares que merecem, como já aconteceu, o registro em exposições ou livro”, disse Carlos Fernando da Silva, afirmando que Wanderley Gil é, igual a O DEBATE, a memória viva de Macaé.

Fotojornalismo

Wanderley Gil considera que é essencial que o bom fotógrafo conheça profundamente as técnicas da fotografia, como ângulo, luz, perspectivas. “No Jornalismo, digo que é preciso fotografar primeiro e depois perguntar, para que o momento da foto não se perca – que pode ser único e o tempo não volta para que se registre de novo. E a câmera é minha companheira de todas as horas, para eu conseguir pegar lances importantes no dia a dia que irão retratar a nossa realidade”, disse Wanderley.

Wanderley Gil

Nascido em Macaé, Wanderley Gil despertou para o mundo da fotografia aos 11 anos de idade, brincando no laboratório de fotografia do pai, o conhecido fotógrafo Wanderley Silva. Ele acompanhou seu pai, respeitado perito fotográfico da Secretaria de Segurança Pública, participando das diligências policiais. A partir daí Wanderley Gil passa a mostrar sua capacidade de buscar imagens de onde ninguém espera, retratando-as pela sua sensibilidade no posicionamento de suas lentes. Logo se apaixonou pelo ofício e ali desenvolveu o grande amor que sente pelas fotos, conhecendo e aprendendo as novas técnicas.

Iniciou profissionalmente aos 16 anos, registrando eventos e festas como aniversários e casamentos. Em 1988, ingressou no mundo do fotojornalismo, e não saiu mais, tornando a sua grande paixão. Começou no jornal Século e posteriormente, em 1991, ingressou no jornal O DEBATE, onde atua até os dias atuais.

 

Wanderley Gil é profissional que faz a diferença como fotógrafo jornalístico no cenário artístico da cidade. Em 1997, Wanderley Gil inovou ao ser o primeiro fotógrafo a implementar fotos digitais no jornalismo. Ele passou a usar uma pequena câmera Casio, comprada por O DEBATE, primeiro jornal do interior a implantar o sistema, fugindo da clicheria a chumbo.

Wanderley organizou ainda diversas exposições de seus trabalhos, expondo seu talento em fotos jornalísticas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here