Vistoria técnica avalia imóveis em área ocupada na Fronteira - Foto divulgação

Foram identificados imóveis que têm previsão de demolição

Equipes técnicas da Defesa Civil e da Secretaria Adjunta de Habitação, com o suporte da Secretaria Municipal de Infraestrutura, realizaram na manhã desta terça-feira (26) a avaliação de imóveis que estão em área de ocupação na Fronteira.

O levantamento tem como objetivo atualizar o mapa das áreas de ocupação irregular, além de avaliar a situação de cerca de 100 imóveis já demarcados da comunidade, que foram condenados pela Defesa Civil diante do risco provocado pelo fenômeno de ressaca no litoral norte da cidade.

Na vistoria foram identificados os 10 imóveis que têm previsão de demolição. As famílias que residiam na área já foram transferidas para apartamentos do Conjunto Habitacional Prefeito Carlos Emir, no Bosque Azul.

Base para futuras ações

O trabalho feito hoje dará base a novas ações que serão definidas pela Comissão de Pronta Ação, que se reunirá no próximo dia três. “O objetivo é assegurar a proteção das famílias que ocupam a área e garantir um local seguro, evitando riscos”, explica o Secretário Adjunto de Habitação, Leandro Mussi.

A vistoria também foi acompanhada pelo Coordenador de Assuntos Comunitários e Apoio aos Bairros, Roberto Shello Marcelino, da Secretaria Municipal de Infraestrutura.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here