Como estamos praticamente no período pré-eleitoral e os pretensos candidatos a vereador e a prefeito continuam descortinando o caminho para desfilar para os eleitores em outubro, quando serão escolhidos os 17 vereadores, o prefeito e o vice-prefeito que irão comandar o destino do município, cada qual vai aproveitando a “brecha” que tem para aparecer. Pode ser com propostas novas e boas, pode ser com promessas vãs, pode ser com ações benéficas para conquistar mais eleitores ou maléficas, como tem sido visto nas redes sociais, principalmente o Faceboock, território livre onde qualquer um se manifesta da maneira que quer e entende, para aparecer na fita.

Mas, o que é verdade e o que é mentira? Com a onda da abertura do sistema digital onde cada um tem sua conta e a partir da homologação da candidatura, poderá ter um site para divulgar suas ações, tem muita gente esquecendo até que existe a Justiça para punir aqueles que cometem crimes tipificados de diversas maneiras.

Há poucos dias, um cidadão escolheu como vítima para mirar a metralhadora contra ele, o deputado estadual Welberth Rezende que, aqui para nós, fez um bom trabalho como vereador, subiu no estribo do bonde colocado pelo presidente da Câmara, Dr. Eduardo, e acabou eleito deputado. Como a carreira meteórica na política, às vezes, incomoda, ele vem trabalhando para ser pré-candidato a prefeito enquanto alguns outros eleitores acham que ele deveria concluir o mandato para, posteriormente, tentar a chefia do executivo.

Mas, depois das acusações que viralizou de maneira rápida, será que ele recorreu à Justiça para se defender? Tomara que sim, para mostrar que não estamos numa terra sem lei. Outro que também vem levando pauladas pelos quatro costados é o vereador e secretário municipal de Educação, tão logo começou a desfilar na lista dos prefeitáveis. E o que se fala deles, é verdade ou é mentira? A Justiça está ai para dizer. Pior que não são só esses dois. Tem mais pela aí. Tomara que os direitos dos cidadãos sejam respeitados. É o mínimo que se espera.

Enquanto isso…

Como a Cedae é a menina dos olhos dos políticos e a água vital para a sobrevivência das pessoas, não é à toa que nenhum governante até hoje quis deixar de comandar uma empresa tão rica em todos os sentidos mas que nos últimos tempos, vem servindo como cacife político. Só que, quanto mais a empresa arrecada, menos investe no sistema de tratamento e abastecimento de água, não só na capital Rio de Janeiro, como nos municípios onde ela alonga seus tentáculos.

Agora, em fase de recuperação depois de sofrer as consequências de servir como cabide político, há algum tempo ela já deveria ter sido privatizada para o governo estadual sair da crise, como melhorar a distribuição de água para a população, coisa que os indicados para ocupar os cargos não souberam ou sabem fazer que é o dever de casa. Em Macaé, por exemplo, desde 1952 quando houve o contrato do município com a promessa de melhorar – na época a água que abastecia Macaé vinha da Atalaia – a distribuição, a situação só vem piorando porque a empresa não investe como deveria apesar do enorme crescimento da cidade. Pior foi depois que o município decidiu fazer a PPP do esgoto.

Entrou a Odebrecht Ambiental que foi vendida para a BRK, que cobra as tarifas, os contribuintes pagam o dobro da conta e a água assim como o esgoto tratado, deixa muito a desejar, apesar dos projetos da população. Dr. Aluizio bem que tentou denunciar o contrato mas… está barrado nas suas intenções porque a Cedae não quer perder a “galinha dos ovos de ouro”. Enquanto isso, o ex-governador Sérgio Cabral confessa que o propinoduto funcionou com Pezão que nega, afirmando que “é mentira”. Acreditar em quem, afinal? Que todos ficaram muito ricos com a cobrança da “taxa de oxigênio”, todo mundo sabe. O que ninguém sabe, ainda, é como ficará o problema da Cedae no Rio e no interior. Falta vontade política?

 

PONTADAS

O Sesc Verão que durante um bom período fez a alegria das pessoas que acorreram à Praia dos Cavaleiros, vai chegando ao fim, numa demonstração clara de que, com ações bem desenhadas e sem muita grana, grandes eventos podem ser promovidos, desde que planejados com antecedência. Guilherme Abreu, presidente do CV&B, e Marcos Navega, do CB&V estadual, que o diga, apesar de ficarem na sombra, sem aparecer muito como idealizadores do projeto.

_______

O prefeito Dr. Aluízio dos Santos Junior, na sua conta no Twiter velha de guerra, decidiu usar o aplicativo para não só governar a cidade, como para atender as demandas que chegam até seu conhecimento. Pelo que se observa nas suas mensagens, ele consegue manter a sua turma atendendo aos pedidos para melhorar a cidade. Se você aí, oh, quer melhorias para seu bairro, é só seguir @draluiziojunior. Anotou? Então…

_______

Como na prática estamos a duas semanas do Carnaval, o mês de fevereiro que este ano tem 29 dias, é bissexto, vai chegando ao fim, e com ele, espera-se, o fim das grandes chuvas, embora o mês de março seja considerado o que mais São Pedro aproveita para despejar água. Ainda bem que o sistema de drenagem no Riviera e na Fábio Franco está em ritmo acelerado. Falou-se até em piscinão no Parque da Cidade. Será que vai mesmo ser construído?

________

Até domingo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here