CIGARRAS DE MACAÉ – Neste sábado apresentamos poesia de nossa querida Cigarra Sandra Oliva Wyatt, onde ela faz uma saudação aos 26 anos de nosso Coro das Cigarras de Macaé. Em nosso último encontro, dia 17 de novembro tivemos o prazer de sermos acolhidos na casa da Cigarrinha Sandra Estácio e lá nos debruçamos em homenagens a querida amiga Otília Maria da Conceição Rocha Lima que nos deixou dia 08/11, também poesias sobre a Lagoa de Imboassica, que está “um mar de lama” como pudemos ver in loco. Foram declamadas poesias num tom de tristeza e preocupação com nossa Lagoa… Cigarras cantam por Macaé, nossa terra querida!

Um poema para os 26 anos, após os 13, das Cantantes do Décimo Terceiro Instante…
Sandra Wyatt

ANOS diVERSOS DE CIGARRAS
ALGUNS transVERSOS
PARA ALÉM MÃE TERRA
REPLETA DE CÉU
VIVA POESIA deVIDA
GOSTO DE ENCANTO QUE JAMAIS
SE ENCERRA
DESTERRANDO CORPOS
ONDE ESTÃO OS MORTOS?
FEITOS POEMAS SEM ALGEMAS
GENS DE VIDA ETERNA
NA ETERNA IDADE
SER A RIMA DO POETA
LIVRE PRESA
CERTA INCERTEZA
A SOLTA NOS DESERTOS
AO SOM
DO VENTO
UIVANDO PENSAMENTO:
VIVER E MORRER DE AMOR!
NO ENTANTO MORRER
É VIVER DO AMOR!
QUE SE DEU!
A CADA UM QUE SE DISSE: ADEUS!
À DEUS!
TODOS NELE!
TODOS D’eus!

cigarrasmacae@gmail.com <mailto:cigarrasmacae@gmail.com>
Aurora Ribeiro Pacheco

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here