Minutos após o crime, a via pública ficou tomada de viaturas da PM que acabou atraindo pessoas no local

Crime ocorreu na noite de segunda-feira (10), por volta das 20h, na Rua Visconde de Quissamã

Uma tentativa de sequestro-relâmpago na área central de Macaé terminou com um suspeito morto na noite de segunda-feira (10). O crime aconteceu por volta das 20h, na Rua Visconde de Quissamã, próximo ao prédio dos 10 andares, no Centro de Macaé.

Segundo informações da Polícia Militar, a vítima era um homem, de 53 anos, que estava dentro do veículo, onde foi abordado por dois bandidos, que entraram no automóvel e anunciaram o assalto. Um dos bandidos entrou pela porta traseira e o outro ficou no carona, exigindo que a vítima ligasse o carro e saísse do local. Os bandidos estavam prontos para fugir com a vítima, quando uma viatura da Polícia Militar passava no local do crime.

Os agentes da PM observaram a movimentação estranha dentro do veículo e perceberam que uma das pessoas estava muito nervosa. Um dos agentes desceu da viatura e foi verificar o que acontecia. A vítima percebeu a presença dos policiais e pediu socorro. Um bandido desceu do carro e apontou o revólver para os policiais militares, que reagiram e atiraram contra o criminoso. O bandido foi atingido na região da cabeça e morreu na calçada. Já o outro criminoso, conseguiu fugir em direção a Rua Marechal Deodoro, no Centro.

O crime chocou moradores e comerciantes da localidade, e em poucos minutos a via pública estava tomada de viaturas da PM e pessoas curiosas. O criminoso que estava com a arma de brinquedo, foi identificado como Paulo Victor de Souza Silva, de 25 anos. O corpo foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) de Macaé e o caso foi registrado na 128ª DP da cidade. Após o susto, a vítima que sofreu a tentativa de sequestro, passa bem.

A Polícia Civil vai analisar as imagens das câmeras de segurança próximo ao local do crime, para tentar identificar o outro bandido que conseguiu fugir. Dados o Instituto de Segurança Pública (ISP) do Rio de Janeiro, apontam que foram registrados 950 roubos nas seis cidades que fazem parte da cobertura do 32° Batalhão da Polícia Militar, nos primeiros cinco meses deste ano.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here