Tenente-coronel André Henrique de Oliveira Silva assume o comando do 32ºBPM

Após dois anos à frente do Batalhão de Cabo Frio, o comandante André Henrique assume o Batalhão de Macaé na próxima semana

O 32º Batalhão de Polícia Militar de Macaé já tem novo comandante: o tenente-coronel André Henrique de Oliveira Silva. Ele é advogado, tem 40 anos e há 24 atua na Polícia Militar. A passagem de comando está prevista para acontecer na próxima semana e a solenidade vai contar com a presença de várias autoridades, como delegados da região, secretários municipais e prefeitos.

O novo comandante assume o posto do tenente-coronel Rodrigo Ibiapina, que agora fica a frente do 8º BPM de Campos dos Goytacazes. Ele já comandou a unidade de Santo Antônio de Pádua e foi Subchefe do Estado Maior Operacional do 6º Comando de Policiamento de Área (CPA).

Além do Batalhão de Campos, ficarão sob o comando do Tenente Coronel Ibiapina, as companhias de policiamento de São Fidélis, São Francisco do Itabapoana e São João da Barra. Ainda não há informação do local para onde o atual comandante do 8º BPM de Campos, tenente coronel Fabiano Santos, será transferido.

A nomeação foi publicada no Boletim Interno Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro Ajudância Geral, na quarta-feira (9).

E o novo tenente-coronel de Macaé, André Henrique garantiu que não vai dar trégua aos traficantes da região, considerado pela PM um dos principais problemas em termos de segurança.

“Faremos um trabalho de proximidade nos bairros e repressão qualificada ao tráfico de drogas”, disse André Henrique. Ele planeja mapear alguns pontos onde a atenção deve ser redobrada. “Os policiais do 32º BPM são os responsáveis por esse trabalho que vem sendo desenvolvido pelo tenente-coronel Rodrigo Ibiapina. Vamos dar continuidade a esse grande trabalho”.

Rodrigo Ibiapina destaca “o esforço de toda a corporação para garantia da segurança”. “Me despeço com a sensação de dever cumprido. Nossos policiais se esforçaram muito para conseguirmos ter estes resultados, basta ver a quantidade de prisões efetuadas e de armas e drogas retiradas das ruas”, destacou Ibiapina que divulgou os dados de apreensões de armas, tráfico e prisões.

Resultados em 2018

Fuzis apreendidos: 15
Armas de fogo apreendidas: 188
Simulacro apreendidos: 70
Drogas apreendidas: 322.373 (gramas)
Veículos apreendidos: 7.994
Veículos recuperados: 323
Máquinas caça-níqueis: 595
Prisões: 1.086
Menores apreendidos: 213

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here