Cadastre-se e receba nossas novidades:

Notícias

Nupem integra ciências biológicas e sociedade

Em 14/10/2009 às 12h29


Versão para impressão
Enviar por e-mail
RSS
Diminui o tamanho da fonte Aumenta o tamanho da fonte

Com o objetivo de estimular e fortalecer as atividades de extensão da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) no campo das Ciências Biológicas, o Núcleo de Ecologia e Desenvolvimento Sócio-Ambiental de Macaé (NUPEM/UFRJ) promoveu, ontem (13), a quarta palestra de um ciclo que integra temas como “Diversidade, Ambiente & Sociedade”, no auditório do próprio Núcleo. Durante o evento, o Prof. Dr. Felipe M. de Vasconcellos conduziu os participantes por uma reflexão a respeito do tempo sob a ótica da ciência.
Durante cerca de uma hora, alunos e convidados puderam “viajar no tempo” geológico entre fósseis, relógio molecular, atômico e mecânico, calendários solares e estelares, incluindo até efeitos hollywoodianos.
Explicações sobre causa, efeito e previsibilidade dos eventos também ganharam destaque na programação, uma vez que o NUPEM possui um papel decisivo nas discussões sobre as mais importantes questões ambientais, como o estudo ecológico, a preservação e recuperação das Lagoas Costeiras (Ecolagoas) da região que engloba os municípios do Norte Fluminense.
Com foco em conhecer e preservar a biodiversidade dos diferentes ecossistemas, calcado também na pesquisa, no ensino e no desenvolvimento tecnológico, o NUPEM é fruto de uma parceria entre a Prefeitura de Macaé, a Petrobras e o Instituto de Biologia da UFRJ.
Inicialmente, o principal objetivo do Projeto Ecolagoas era monitorar e pesquisar quatro lagoas costeiras, sendo Lagoa de Imboassica, situada dentro do perímetro urbano de Macaé, e as lagoas Cabiúnas, Comprida e Carapebus, situadas no Parque Nacional da Restinga de Jurubatiba. Entretanto, além da exploração turística do Arquipélago de Sant’Anna, em Macaé, já é possível monitorar mensalmente as lagoas de Imboassica e Cabiúnas e desenvolver atividades de Educação Ambiental junto à comunidade e escolas municipais da cidade. De acordo com a professora Ana Cristina Petry, responsável pela organização do evento, a realização do ciclo de palestras possibilita que o público em geral se aproxime, conheça e participe das atividades do Núcleo, uma vez que ainda há expectativa por parte dos pesquisadores de solucionar problemas como lançamento de esgoto, produção de poluentes e a consequente degradação ambiental.
Seguindo essa premissa, o NUPEM/UFRJ realizará também o curso de capacitação “Química Ambiental”, vinculado ao Projeto Ecolagoas, entre os dias 22 e 24 de outubro. A iniciativa é voltada para professores de Biologia e Ciência do Ensino Médio e acontecerá no Campus UFRJ, em Macaé, com os doutores Aricelso Maia Limaverde, Mario Schultz e Maurício Mussi Molisani. Já em novembro, de 12 a 14, será a vez do curso de “Introdução à Biologia Marinha”, com as doutoras Laura Weber, Lísia Gestinari e Juliana Torres.
Informações pelos telefones (22) 2762-9313 / 2759-3431 / 2759-3420 ou no endereço www.nupem.biologia.ufrj.br

 

Autor: Louiseanne Parreira

Foto: Louiseanne Parreira


    Compartilhe:


publicidade