Cadastre-se e receba nossas novidades:

Notícias

Macaé Basquete vence o Brasília na prorrogação

Com o placar de 78 a 69, equipe aumentou as chances de ir para os Playoffs

Em 25/04/2018 às 11h14


Versão para impressão
Enviar por e-mail
RSS
Diminui o tamanho da fonte Aumenta o tamanho da fonte

Após terceira vitória consecutiva, equipe de Léo Costa busca manter bom desempenho fora de casa Após terceira vitória consecutiva, equipe de Léo Costa busca manter bom desempenho fora de casa
Desde a época do NBB, o Macaé Basquete sempre foi conhecido como o time da superação. E não tem sido diferente na Liga Ouro. Em busca do retorno à primeira divisão, a equipe fluminense aumentou ainda mais as chances de classificação para os Playoffs após derrotar um adversário de peso: o Brasília Búfalos. 

Motivados pela torcida, que marcou presença na noite da última segunda-feira (23), no Ginásio do Juquinha, o time comandado pelo técnico Leonardo Costa conseguiu, na prorrogação, garantir a vitória por 78 a 69. 

Buscando uma revanche (o Brasília venceu no primeiro turno no DF por 65 a 62), os donos da casa sabiam que o duelo não seria fácil, mas não se deixou intimidar. No primeiro quarto, o Macaé abriu vantagem e fechou o placar em 22 a 14. 
Já no segundo, os visitantes reagiram e fecharam em 13 a 9, mas mesmo assim o Macaé ainda ficou na frente (31 a 27). No terceiro quarto, a disputa foi mais acirrada, no entanto, vantagem para o time fluminense (18 a 16). 

No quarto tempo, o resultado que a maioria não imaginava: o Brasília conseguiu igualar o placar ao fechar com 19 a 13. (62 a 62). Com isso, a decisão foi para a prorrogação, onde o Macaé, novamente, saiu na frente e venceu por uma diferença de nove pontos (16 a 7). 

"Uma vitória importantíssima, em um confronto direto. Era um jogo em que a gente não precisava ir para a prorrogação, mas os jogadores tiveram autoridade para jogar o tempo extra com muita qualidade. Isso dá muita confiança para a sequência da competição e é um passo importante para classificação aos playoffs", afirmou Léo Costa.   

Cestinha da partida novamente, o armador americano Nate Barnes foi responsável por, nada mais, nada menos, 32 pontos do Macaé (6/11 nas bolas de 3 pontos), além de prestar quatro assistências. Com isso, o jogador soma incrível média de 25,5 pontos nas últimas quatro partidas, três delas vencidas pelo time macaense.

Destaque também para Rafael Oliveira, que foi considerado o jogador mais eficiente da partida com 19 pontos, sete rebotes e três assistências. O ala/pivô Rafa Oliveira somou 26 de valorização. 

Junto deles, estão Mamedes (12 pontos, 12 rebotes e quatro assistências), Thorton (nove pontos, seis rebotes e quatro assistências), Gustavo (três pontos, cinco rebotes e quatro assistências) e Matheus P. (cinco rebotes).  

"É bom assim, com emoção, pois mostra o quanto a equipe está focada. É um confronto direto, a gente precisava de uma vitória acima de três pontos e no final foi bom ter ido para a prorrogação, pois conseguimos aumentar essa diferença. Agora é ir focado para os três jogos no Sul, para tentar trazer os playoffs com mando de quadra aqui no Juquinha e contar com o apoio dessa torcida que é maravilhosa", destacou o ala-pivô Rafael.

Com esse resultado, o Macaé passou o Brasília na tabela e está em 5º lugar com 20 pontos e 53.8% de aproveitamento. 
Os próximos, e últimos duelos do returno, serão fora de casa. Depois de uma sequência em casa, agora o time viaja para o Sul, onde terá pela frente os jogos contra o Brusque (dia 1º de maio), Blumenau (03/05) e o Londrina (05/05) na busca pela classificação para os Playoffs. 

Autor: Marianna Fontes marifontes@odebateon.com.br

Foto: Wanderley Gil


    Compartilhe:

Tags: esporte


publicidade