Cadastre-se e receba nossas novidades:

Notícias

Felipe Conceição é o novo técnico do Macaé Esporte

Após especulações, diretoria do clube confirmou o contrato com ex-treinador do Botafogo para a Série D

Em 29/03/2018 às 10h50


Versão para impressão
Enviar por e-mail
RSS
Diminui o tamanho da fonte Aumenta o tamanho da fonte

Após acertar com o Macaé, Luís Felipe será apresentado junto ao elenco na tarde desta quinta-feira Após acertar com o Macaé, Luís Felipe será apresentado junto ao elenco na tarde desta quinta-feira
Faltando menos de um mês para o início da Série D do Campeonato Brasileiro, o Macaé Esporte corre contra o tempo para iniciar a pré-temporada. Com a troca de comando e o vencimento do contrato de boa parte do elenco que disputou o Cariocão, a diretoria do clube confirmou, na manhã de ontem (28), a contratação de Felipe Conceição. O nome do treinador já vinha sendo cogitado para assumir o comando. 

"Vai ser um novo desafio. O Macaé é um clube que vai disputar uma competição a nível nacional após ter feito um bom Campeonato Carioca. Passou pela Seletiva e conseguiu se manter na elite, isso não é nada fácil. Espero fazer um grande trabalho aqui", disse Felipe.

O técnico, que foi anunciado pelo Botafogo no final de 2017, comandou o alvinegro por sete partidas, onde obteve duas vitórias, três empates e duas derrotas, um aproveitamento de 42,8%. 

A mudança no comando gerou grande expectativa nos últimos dias desde que o técnico Josué Teixeira, que tinha seu contrato encerrado no final da Taça Rio, surpreendeu a todos após não renovar com o Macaé e assumir o Americano-RJ, time que também irá disputar a quarta divisão do nacional.

Enquanto isso, dois reforços para a temporada já foram anunciados: Marquinhos e Murilo. Os demais jogadores serão anunciados na coletiva de imprensa desta quinta-feira. Após  a apresentação, o novo elenco já deve iniciar os treinos. "Temos que montar uma equipe competitiva. Espero que a gente consiga manter uma base, até para não começar o trabalho do zero. Conversei com o presidente Mirinho, ainda não definimos nenhum reforço, mas resolveremos em conjunto. Ele conhece muito bem esse mercado", concluiu Felipe.


Rumo à Série C

Em 2017, quando passou por um momento crítico, o Alvianil Praiano acabou sendo rebaixado pela primeira vez em sete anos para a quarta divisão. Com isso, o objetivo é buscar a vaga de volta na Série C. 

Conforme divulgado pela CBF, o Leão estreia no dia 21 ou 22 de abril, contra o Itumbiara (GO) fora de casa. De acordo com a tabela, o primeiro jogo no Moacyrzão será no dia 28 ou 29 de abril, contra o Espírito Santo. 

O Leão enfrenta ainda na primeira fase o URT-MG nos dias 5 ou 6 de maio e 12 ou 13 de maio, o Espírito Santo novamente no dia 19 ou 20 de maio, e o Itumbiara-GO, dessa vez em casa, no dia 27 de maio. 

Segundo a CBF, a competição será dividida em seis fases, sendo que apenas os quatro melhores, classificados na quinta fase (semifinal), garantirão o acesso à Série C em 2019. Ao todo são 68 equipes participantes, distribuídas em 17 grupos na primeira etapa. Desse total, quatro foram rebaixadas da Série C (Macaé, Mogi Mirim, Moto Club-MA e Americano). Além do Leão, mais três times do Rio disputam a temporada. São eles: Madureira, Americano e Nova Iguaçu.  

Autor: Marianna Fontes marifontes@odebateon.com.br

Foto: Divulgação/ Vítor Silva-SSPress


    Compartilhe:

Tags: esporte


publicidade