Cadastre-se e receba nossas novidades:

Notícias

Nupem oferece vagas para minicurso

A oportunidade é para o minicurso em "Uso de Isótopos Estáveis em Ecologia Trófica"

Em 28/04/2016 às 11h30


Versão para impressão
Enviar por e-mail
RSS
Diminui o tamanho da fonte Aumenta o tamanho da fonte

O Núcleo em Ecologia e Desenvolvimento Socioambiental de Macaé (Nupem) está com inscrição aberta para o minicurso em "Uso de Isótopos Estáveis em Ecologia Trófica". A atividade será ministrada pelo professor Doutor Rodrigo Ferreira Bastos, do Laboratório de Ictiologia da Universidade Federal do Rio Grande. A programação está marcada para o dia 3 de maio, das 13h às 21h. As inscrições podem ser feitas pelo <http://www.macae.ufrj.br/nupem>. 

O público-alvo são graduandos, pós-graduandos, servidores da UFRJ. De acordo com informações da instituição, durante as atividades serão abordados os princípios da aplicação de isótopos estáveis como ferramentas em estudos ecológicos, com foco em estudos tróficos.

Na oportunidade serão apresentados e discutidos os conceitos e notações básicas sobre isótopos estáveis, a complementariedade frente a técnicas tradicionais (consumo x assimilação), as bases teóricas, os potenciais de aplicação, os principais métodos analíticos utilizados, bem como os pressupostos e limitações da técnica.

Durante a atividade será utilizado um banco de dados reais para a simulação de algumas análises. Portanto, apesar de não ser obrigatório, é fortemente indicado o uso de um notebook por aluno, de preferência com o programa R já instalado, assim como o pacote SIAR.

Criado em 1994 o Núcleo em Ecologia e Desenvolvimento Socioambiental de Macaé (Nupem) segue contribuindo com o ensino e pesquisa na Capital Nacional do Petróleo. No total já são 21 anos de incentivo também à educação superior por meio da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) Campus Macaé Professor Aloísio Teixeira. 

De acordo com a direção do campus, só dissertações de mestrado já são mais de 40. Trata-se de um núcleo multidisciplinar de pesquisas da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), historicamente associado ao Instituto de Biologia.  

A unidade destina-se a estimular e fortalecer as atividades de pesquisa, ensino, extensão e desenvolvimento tecnológico da UFRJ no campo das Ciências Biológicas, nas Regiões Norte, Noroeste, Serrana e Baixada Litorânea do Estado do Rio de Janeiro que em 2006 passou a sediar o primeiro curso em um campus avançado da UFRJ (Licenciatura em Ciências Biológicas), vinculado ao Instituto de Biologia.

Autor: Juliane Reis Juliane@odebateon.com.br


    Compartilhe:

Tags: educação


publicidade