Cadastre-se e receba nossas novidades:

Notícias

Nupem sediou V edição do Curso de Biologia de Artrópodes Vetores

Evento com apoio da Faperj reuniu profissionais, alunos de pós-graduação de toda América, e servidores do CCZ de Macaé

Em 09/11/2015 às 14h44


Versão para impressão
Enviar por e-mail
RSS
Diminui o tamanho da fonte Aumenta o tamanho da fonte

O curso visa contribuir para a formação e treinamento dos alunos dos mais diversos grupos de pesquisa na área O curso visa contribuir para a formação e treinamento dos alunos dos mais diversos grupos de pesquisa na área
O Núcleo em Ecologia e Desenvolvimento Socioambiental de Macaé (Nupem) encerrou na última semana a V edição do curso de Biologia de Artrópodes Vetores (CBAV). As atividades promovidas por pesquisadores do Instituto de Ciência e Tecnologia em Entomologia Molecular a partir de interação estabelecida pelo Laboratório Integrado de Bioquímica Hatisaburo Masuda foram realizadas entre os dias 19 e 31 de outubro e reuniu renomados profissionais.

Neste ano o evento contou com a participação de 24 alunos de pós-graduação de toda América Latina, além da participação de 15 servidores do Centro de Controle de Zoonoses da Prefeitura de Macaé que participaram como ouvintes do Curso.

De acordo com a direção do Nupem, o curso contou com a coordenação do Prof. Carlos Logullo (UENF), Leonardo Abreu (NUPEM-UFRJ-Macaé), Rodrigo Nunes da Fonseca (NUPEM-UFRJ), Camila Waltero, aluna do PPG-PRODBIO-UFRJ-Macaé, Itabajara Vaz (UFRGS), Fernando Genta (IOC-Fiocruz), Sirlei Daffre (USP).

O curso, cuja primeira edição foi realizada em 2011 visa contribuir para a formação e treinamento dos alunos provenientes dos mais diversos grupos de pesquisa na área, de forma integrada e multidisciplinar, e é promovido pelo Instituto Nacional em Ciência e Tecnologia de Entomologia Molecular (INCT) e financiado pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro (Faperj), Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) e Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). 

A iniciativa visa ainda a formação de recursos humanos altamente especializados para entendimento/compreensão da biologia de artrópodes vetores (barbeiro, mosquito, carrapatos...) que transmitem doenças para humanos e animais.


Autor: Juliane Reis Juliane@odebateon.com.br

Foto: Divulgação


    Compartilhe:


publicidade