Cadastre-se e receba nossas novidades:

Notícias

Macaé registra mais um caso de maus-tratos contra animal

Depois de ser abandonado pelo dono em lixão, cavalo doente acabou morrendo

Em 06/08/2014 às 11h20


Versão para impressão
Enviar por e-mail
RSS
Diminui o tamanho da fonte Aumenta o tamanho da fonte

Apesar da impunidade, maus-tratos contra o animal é considerado crime em todo país Apesar da impunidade, maus-tratos contra o animal é considerado crime em todo país
Há cerca de uma semana, Macaé registrou mais um caso de crueldade contra os animais, tendo um desfecho nada feliz. Uma égua doente foi abandonada em meio ao lixo no bairro Jardim Vitória, agonizando até à morte. 

Segundo o relato de uma testemunha, que pede para não ser identificada, algumas pessoas tentaram buscar socorro, porém sem êxito. "No dia 30, o animal foi abandonado. Algumas pessoas tentaram acionar os órgãos municipais, mas como sempre, não fizeram nada. Um veterinário foi ao local, medicou, mas sem muitos detalhes disse que se ela não levantasse seria melhor sacrificá-la. Mas acabou que no final ela morreu e esse foi mais um caso de maus-tratos onde o dono do animal nada sofre", conta.

Casos desse tipo já foram presenciados em Macaé. Um deles aconteceu no início do ano passado, quando uma outra égua foi abandonada agonizando durante uma semana na comunidade Águas Maravilhosas. 

Quando o assunto é denúncia de maus-tratos ou crueldade contra animais, o Brasil possui legislação pertinente e autoridades competentes que são responsáveis pela manutenção da lei e punição de crimes.

Em caso de maus-tratos com qualquer tipo de animal, seja doméstico ou silvestre, a população deve denunciar.
É considerado maus-tratos o abandono, envenenamento, presos constantemente em correntes ou cordas muito curtas, manutenção em lugar anti-higiênico, mutilação, presos em espaço incompatível ao porte do animal ou em local sem iluminação e ventilação, utilização em shows que possam lhes causar lesão, pânico ou estresse, agressão física, exposição a esforço excessivo e animais debilitados (tração), rinhas, entre outros.

Ao presenciar qualquer situação dessa, vá até a delegacia de polícia mais próxima e faça um boletim de ocorrência ou compareça a Promotoria de Justiça do Meio Ambiente. A denúncia de maus-tratos é legitimada pelo Art. 32, da Lei Federal nº 9.605, de 12.02.1998 (Lei de Crimes Ambientais) e pela Constituição Federal Brasileira, de 05 de outubro de 1988.


Autor: Marianna Fontes/ marifontes@odebateon.com.br

Foto: Divulgação


    Compartilhe:


publicidade