Cadastre-se e receba nossas novidades:

Notícias

NUPEM e O DEBATE mantêm parceria

Instituições promovem o debate sobre a importância da sustentabilidade

Em 05/05/2014 às 17h30


Versão para impressão
Enviar por e-mail
RSS
Diminui o tamanho da fonte Aumenta o tamanho da fonte

Francisco Esteves é um dos principais responsáveis pela criação do Nupem / UFRJ em Macaé Francisco Esteves é um dos principais responsáveis pela criação do Nupem / UFRJ em Macaé
"Uma parceria que funciona como ponte entre academia (Núcleo em Ecologia e Desenvolvimento Socioambiental de Macaé (Nupem) / Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)) e Sociedade Norte Fluminense". É assim que o diretor do Nupem / UFRJ, Francisco Esteves se refere a parceria entre a instituição e o Jornal O Debate que na quinta-feira (1) completou o 38º aniversário. 
"São quase 20 anos de história do Nupem/ UFRJ na Capital Nacional do Petróleo. E essa ponte representa também uma possibilidade que Macaé tem vivenciado muito eficiente, pois muitas pesquisas cientificas desenvolvidas por nós ao longo desses anos são compartilhadas com a comunidade local por meio do Jornal, muitas vezes até mesmo antes de serem publicados em revistas cientificas. Então nesse contexto O Debate tem papel fundamental, não só na divulgação, mas na informação, no levar as descobertas feitas na cidade para a comunidade, levando dessa forma o conhecimento dos ecossistemas para a sociedade. 

E não é só isso. O professor lembra que o  Nupem / UFRJ atua no controle da degradação da qualidade da água do Rio Macaé e Lagoa de Imboassica assim como na degradação da erosão. "Não podemos deixar de falar também sobre o ganho positivo que é a participação direta do Nupem na criação do Parque Nacional da Restinga de Jurubatiba, hoje conhecida como uma das unidades de conservação mais bem preservado do país que preserva mais de 15 mil hectares de um belissímo  mosaico de ecossistemas representativo do litoral do Brasil", ressalta Esteves. 

Outro aspecto importante da relação  Nupem/ UFRJ x Debate, mencionado pelo professor é o fato do Nupem ter se tornado uma instituição de ensino, pesquisa e extensão com grande visibilidade junto a sociedade. "O  Nupem/UFRJ e suas ações no município foram  de fundamental importância para a implantação da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) em Macaé, foi ele quem aumentou as ações da universidade na cidade entre elas as ofertas de cursos de graduação e pós-graduação atuando assim na qualificação e capacitação de mão de obra local e regional. Isso só foi possível porque o Nupem/UFRJ lançou uma semente bem fértil no solo macaense e essa semente foi constantemente regada com um trabalho árduo nos três pilares da unidade que é o ensino, pesquisa e extensão como já foi mencionado acima e ambos Nupem, UFRJ e O Debate atuam para elevar a qualidade de vida ambiental de Macaé. São 38 anos de O Debate e 20 do Nupem completados este ano", lembra.  

O Núcleo em Ecologia e Desenvolvimento Sócio-Ambiental de Macaé (NUPEM/UFRJ) é considerado um núcleo multidisciplinar de pesquisas da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), historicamente associado ao Instituto de Biologia e destina-se a estimular e fortalecer as atividades de pesquisa, ensino, extensão e desenvolvimento tecnológico da UFRJ no campo das Ciências Biológicas, nas Regiões Norte, Noroeste, Serrana e Baixada Litorânea do Estado do Rio de Janeiro. Recentemente, em 2006, o NUPEM/UFRJ passou a sediar o primeiro curso em um campus avançado da UFRJ (Licenciatura em Ciências Biológicas), vinculado ao Instituto de Biologia. Já o Jornal O Debate tem como missão informar, registrando em suas páginas a história de Macaé e dos municípios da região.

Autor: Juliane Reis

Foto: Wanderley Gil


    Compartilhe:


publicidade