Cadastre-se e receba nossas novidades:

Notícias

UFRJ Nupem se prepara para a 26ª edição do Projeto Ecolagoas

Em 18/05/2011 às 11h44 - Atualizado em 18/05/2011 às 11h45


Versão para impressão
Enviar por e-mail
RSS
Diminui o tamanho da fonte Aumenta o tamanho da fonte

Durante o curso os ecossistemas de Macaé se tornam Durante o curso os ecossistemas de Macaé se tornam
A XXVI edição do Projeto Ecolagoas, promovido pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, Campus Macaé (UFRJ) em parceria com  o Núcleo em Ecologia e Desenvolvimento Socioambiental de Macaé (Nupem) vai ocorrer entre os dias 18 e 22 de julho, das 8h às 17h. 

Os interessados em participar do curso cujo tema é “Vivências em Ecologia: Praticando para Educar” já podem se inscrever pelo cursosnupem@gmail.com 

A inscrição e o curso são gratuitos e têm como objetivo promover a atualização e a capacitação profissional de docentes do ensino fundamental e médio e profissionais da área de educação e meio ambiente. 

O Vivências em Ecologia é um dos vários cursos promovidos pela UFRJ / Nupem com a finalidade de discutir e apresentar o conhecimento científico por meio de passeio e estudos dos diferentes ecossistemas de Macaé.  

A meta é compartilhar entre os participantes experiências que contribuam para uma nova vivência escolar. 
“Sem dúvida esse é um evento de grande importância para Macaé e Região. Por meio dele capacitamos  e qualificamos os professores de várias cidades para uma melhor atuação nas salas de aulas”, explicou o professor e diretor do Nupem, Francisco Esteves. 

Durante os cinco dias de curso, os participantes têm a Restinga de Jurubatiba, os manguezais, os rios, os costões rochosos, as lagoas e as praias como salas de aula. Nesses ambientes eles conhecem todos os ecossistemas e seus problemas e discutem sobre biodiversidade, efeito estufa, alternativas para o crescimento econômico e a preservação ambiental. 

“É uma maneira de formarmos profissionais mais preparados para lecionar em salas de aulas e com isso formar cidadãos mais conscientes sobre a importância da preservação do meio ambiente e principalmente conhecedores dos ecossistemas de Macaé”, enfatizou o professor Francisco. 

Entre os dias 31 de janeiro e 4 de fevereiro foi realizada a 25ª edição do projeto. O evento contou com a participação de aproximadamente 40 professores da região. O curso de educação ambiental faz parte do projeto Ecolagoas -  existente desde 1992  e que já qualificou, em média, 1800 professores de toda região. 

De acordo com o professor Francisco trata-se de um projeto que já ultrapassou  as fronteiras de Macaé e chegou à Brasília e que a partir deste ano passou a ser patrocinado pelo governo federal por meio dos ministérios de Ciência e Tecnologia e da Educação e do governo estadual por meio da Fundação de Amparo à Pesquisa (Faperj). 

Autor: Juliane Reis | Juliane@odebateon.com.br

Foto: Divulgação


    Compartilhe:


Mais imagens


publicidade