O engenheiro civil e empresário Silvinho Lopes e os empresários Marcelo Viana Reid (Merrel), e Cliton Silva Santos, estarão participando de uma live tendo como pauta principal a economia - Divulgação

Além da atual crise de saúde por causa do coronavírus que abalou ainda mais a situação econômica do município, da região e do país, com a necessidade de adotar o fechamento de quase todos os segmentos laborais, prejudicando cada vez mais as atividades econômicas, os empresários Marcelo Viana Reid (Merrel), e Cliton Silva Santos, estarão participando nesta quarta-feira (5), as 19 horas, de uma live tendo como pauta principal a economia.

O engenheiro civil e empresário Silvinho Lopes, pré-candidato a prefeito nas eleições deste ano, será o mediador do debate que está sendo aguardado com expectativa em razão de ser este o principal assunto que domina toda a classe empresarial e as pessoas ainda desconhecem medidas que possam ser tomadas após a liberação do isolamento social, considerando que o distanciamento e uso de equipamentos de proteção individual deverão continuar até que o país, o estado e municípios possam estar livres da contaminação.
“Todas as pessoas comentam e reiteram a preocupação, primeiro, com a saúde e com a educação. Mas devemos entender que apesar de fundamentais tudo isso gira em torno da economia. Desejar como principais fatores a saúde e a educação, devemos pensar, também, como será a economia no futuro depois das diversas crises que estão provocando o fechamento de empresas e desempregando as pessoas”, disse o empresário Marcelo Reid (Merrel).

Também o empresário Cliton Silva Santos, ambos ligados a diversas e importantes instituições do município, ressaltou que “a economia e a mola propulsora do desenvolvimento e hoje se torna a principal preocupação das pessoas que lideram grupos empresariais. Devemos nos preocupar, sim, com a economia, para que possamos olhar o futuro de forma responsável”.

O mediador da live que será transmitida pelas redes sociais as 19 horas desta quarta-feira será o engenheiro Silvinho Lopes, preocupado em resgatar o legado de Macaé, com a recuperação do patrimônio da cidade que estão ao abandono. “Ao exercer o cargo de gerente e de Secretário de Planejamento, durante gestões anteriores, aceitei o desafio de fazer mais com menos, considerando que o orçamento no período era três vezes menor do que o atual. Se com pouco mostramos capacidade de fazer muito, agora com cursos de gestão pública, acredito que poderemos fazer muito mais”, disse.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here