Silvinho obteve a quarta maior votação nas eleições municipais - Divulgação

Candidato do DEM afirma que a cidade precisa de liberdade e de união

Após obter quase 17 mil votos, Silvinho Lopes (DEM) fez uma reflexão sobre o resultado das eleições na cidade, e ainda desejou boa sorte ao prefeito eleito Welberth Rezende (Cidadania).

Ao participar do programa Viva a Vida, na rádio 95 FM na última segunda-feira (16), Silvinho destacou o expressivo número de abstenção nas eleições de domingo, e reconheceu que a cidade vive uma nova fase política.

“Participamos de uma eleição em um período muito difícil. As pessoas ainda estavam temerosas com a pandemia. Mais de 41 mil eleitores não foram às urnas. E isso nos prejudicou bastante”, disse.

Silvinho afirmou que durante as eleições se propôs a mudar o atual modelo administrativo da cidade, que segundo ele, não vem dando certo diante de tantos problemas estruturais encarados por grande parte da população.

“Eu conheci de perto a realidade de cada lugar desta cidade. Dos alagamentos ao esgoto na rua, é triste saber que um município entre os 25 mais ricos do país, se encontra em uma situação lastimável. Fui candidato a prefeito para sair da minha zona de conforto e lutar por essa cidade”, defendeu.

Silvinho reconheceu a importância de Macaé buscar a união para enfrentar os desafios que estão por vir.

“Desejo ao prefeito eleito um bom governo. Que ele possa ter independência para tomar as medidas necessárias para recuperar a identidade de Macaé, e a esperança de que voltaremos a viver dias de prosperidade e de qualidade de vida”, afirmou.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here