Técnico Rafael Soriano diz que vem fazendo um trabalho intensificado durante a intertemporada

Verdão encara o Angra dos Reis no Estádio do Ferreirão, em Cardoso Moreira

Desde o início o Serra Macaense sempre teve como objetivo principal para 2019 o acesso inédito à Série A do Campeonato Carioca. Apesar de a classificação para as semifinais da Taça Santos Dumont – primeiro turno da Série B1- não ter acontecido por pouco, o Verdão acredita que ainda é possível ter um revés a seu favor durante o returno da competição. A Taça Corcovado começa nesse final de semana, e a equipe de Rafael Soriano vem treinando intensamente nos últimos dias visando o seu primeiro compromisso, diante do Angra dos Reis, neste sábado (3), às 15h, no Estádio Ferreirão, em Cardoso Moreira.

O técnico resumiu como tem sido a reta final da intertemporada. Em busca de sua primeira vitória no comando da equipe, após dois empates, o treinador falou sobre a importância do grupo entender a sua metodologia. “O que a gente buscou durante essa intertemporada de duas semanas foi trabalhar com todo grupo, fazer os jogadores entenderem a nova metodologia, já que não tínhamos tido tempo para trabalhar até então. O grupo assimilou bem o que a gente quer. O trabalho foi realmente bem feito, produzimos bastante, esperamos que agora as coisas caminhem bem, da forma que a gente busca para o segundo turno.

Além disso, Soriano disse que é importante saber respeitar o adversário. “Temos um jogo difícil contra o Angra, onde esperamos iniciar com o pé direito, retomar o caminho das vitórias para gente chegar em nosso objetivo principal que é buscar o título do returno e uma das vagas da semifinal geral para conseguir o acesso”, disse.

O próximo adversário encerrou o primeiro turno em último lugar no Grupo A e está, atualmente, na vice-lanterna da classificação geral, com quatro pontos. O Serra Macaense, por outro lado, vive uma situação confortável, mas ainda longe de ser a considerada ideal pelo clube. O Verdão terminou em terceiro no Grupo B na Taça Santos Dumont e está em nono lugar no geral com 11 pontos, nove a menos do que o líder, Bonsucesso, e sete a menos que o vice, América.

Prestes a completar 50 jogos com a camisa do Verdão, o volante Vico comentou sobre o clima entre os jogadores. “Nosso objetivo segue sendo o acesso. Isso é o discurso desde nossa apresentação lá em abril. Infelizmente não chegamos nas finais da Taça Santos Dumont por uma série de fatores. Nos últimos dois jogos, inclusive, faltou apenas um gol que poderia nos dar a classificação. Porém, não podemos ficar lamentando. Já passou e o nosso grupo sabe disso. Agora é momento de lamber as feridas, levantar a cabeça e olhar em frente. Estou aqui desde 2017, graças a Deus próximo de atingir esse número que será bem marcante, mas quero ir além e pensar no coletivo. Precisamos começar bem o returno em busca de atingir a classificação”, afirmou.

Isso porque depois do Angra dos Reis, o Verdão terá pela frente grandes adversários. Pela segunda fase do estadual, o Serra fará os seguintes duelos: Artsul, dia 10 de agosto; Olaria, dia 17 de agosto; Nova Cidade, dia 24 de agosto; Goytacaz, dia 31 de agosto; Sampaio Corrêa, dia 4 de setembro; América, dia 7 de setembro; Gonçalense, dia 11 de setembro; Audax, dia 14 de setembro; e São Gonçalo EC, no dia 18 de setembro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here