Mais uma loja é furtada e arrombada na Avenida Atlântica, no bairro Cavaleiros

Ao todo, seis lojas já foram arrombadas no mês passado, e um estabelecimento comercial foi alvo na madrugada de quarta-feira (5)

Uma série de arrombamentos em comércios do bairro Cavaleiros tem deixado os comerciantes alarmados. Na madrugada de quarta-feira (5), por volta das 3h, mais um estabelecimento comercial foi alvo de arrombamento na orla dos Cavaleiros, em Macaé.
Durante o mês de novembro deste ano, foram registrados 6 arrombamentos a lojas, entre elas, cafeteria, restaurante e sorveteria, onde tiveram diversos produtos revirados e dinheiros em caixas furtados.

As ações, que duraram poucos minutos, foram similares e a polícia já identificou alguns criminosos por meio de câmera de circuito interno das lojas comerciais que flagram a ação criminosa.

Uma das hipóteses da polícia é que os criminosos sejam da Favela da Linha e vão até a orla em busca de objetos valiosos. Eles chegam a porta de entrada dos comércios e forçam para abrir.

Segundo a polícia, todos os comércios que foram vítimas desses crimes ficam na Avenida Atlântica, próximos à cabine da Polícia Militar, que fica instalada na Rodovia Amaral Peixoto, também no Cavaleiros.

Em todas as ocorrências, os comerciantes e funcionários chegaram para trabalhar no início da manhã e encontraram os estabelecimentos totalmente arrombados. Além dessa ousadia, os criminosos levam aparelhos de TV, computadores, aparelhos celulares, e dinheiro do caixa.

Na última quarta-feira (5), a câmera de segurança de um dos estabelecimentos assaltados registrou o crime às 3h da manhã. Um homem de casaco força a porta e entra com facilidade e vai até o caixa.

O valor roubado dos estabelecimentos ainda não foi divulgado. Policiais e peritos estiveram no local para coletar os dados para futuras investigações. As filmagens da câmera de vigilância serão usadas para identificar os suspeitos do crime. O caso está sendo investigado pela Delegacia de Macaé. Até o final desta edição, ninguém tinha sido preso.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here