Secretário adjunto é exonerado após ter agredido a ex-mulher

0
365
Flávio Isquierdo foi exonerado pelo prefeito ontem

Secretário adjunto de Serviços Públicos, Flávio Isquierdo, é exonerado, após denúncias de agressão

Em menos de uma semana, mais uma baixa foi registrada na composição do secretariado municipal. Sob denúncia de agressão, o secretário adjunto de Serviços Públicos, Flávio Isquierdo, foi exonerado na quarta-feira (9), pelo prefeito.

O secretário de Serviços Públicos de Macaé foi denunciado na Delegacia pela ex-esposa, Pamêla Marques Queiroz. A denúncia, que virou uma ação judicial, trata-se de lesão corporal, ou seja, violência contra a mulher.

Na ação, o Juiz Otávio Mauro Nobre decidiu que Isquerdo deverá manter 150 metros de distância da ex-companheira e também dos familiares de Pâmela. A medida protetiva foi concedida em caráter de urgência.

Integrante do alto escalão do governo da mudança desde o início, em 2013, Flávio ocupou posições estratégicas da prefeitura, com trabalho dedicado a compor alianças políticas. De Coordenador de Bairros, cargo que pertencia a antiga estrutura do secretariado municipal, ele passou a integrar a supersecretaria de Infraestrutura, liderada por Célio Chapeta, braço-direito de Dr. Aluízio, que passa a acumular também os Serviços Públicos.

Flávio também representava o governo na articulação política junto a Câmara de Vereadores, em especial, através da proximidade com o presidente do Legislativo, Dr. Eduardo Cardoso (PPS) e com outros parlamentares.

Por conta das denúncias de agressão, a permanência de Flávio no governo já estava em xeque, devido a preocupação do fato pessoal do ex-secretário arranhar a imagem da administração municipal.

Na semana passada, o ex-secretário adjunto de Obras, Saulo Ramos, pediu exoneração do cargo por motivos pessoais. Ele foi contratado para trabalhar em uma empresa de engenharia, no Rio de Janeiro.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here