São Pedro e de São Paulo são lembrados em Macaé - Divulgação

A Paróquia São Paulo Apóstolo – Macaé iniciou as celebrações na quinta-feira (25), com o Tríduo em louvor a São Paulo Apóstolo

Nesta segunda-feira (29), é comemorado o dia do padroeiro dos pescadores, São Pedro. Em tempos de pandemia, a celebração não terá procissão no rio e mar. A Igreja de São Pedro na Barra de Macaé este ano não fará comemoração.

Pela primeira vez na história do município, não haverá a tradicional procissão marítima em Macaé em homenagem ao santo padroeiro dos pescadores. O evento encantava a todos pela beleza do desfile de barcos devidamente decorados, organizada pela Colônia dos Pescadores, e aberta ao público em geral.

Neste 29 de junho, a Igreja celebra também o dia dedicado a São Paulo. Este ano, os festejos serão também on-line, sem a participação dos fiéis nos templos, seguindo as orientações governamentais, sanitárias e eclesiásticas para evitar a proliferação de COVID-19. Na Diocese de Nova Friburgo haverá programação especial em diferentes localidades.
A Paróquia São Paulo Apóstolo – Macaé iniciou as celebrações na quinta-feira (25), com o Tríduo em louvor a São Paulo Apóstolo, que se estendeu até sábado, dia 27.

Durante a programação, aconteceu a Celebração da Palavra, às 19h. No domingo (28), às 10h, foi rezada a Missa em honra ao padroeiro. Concluindo a programação, às 18h, houve Live com o Ministério Amigos pela Fé. Neste dia também aconteceu delivery de Feijão Tropeiro, no valor de R$ 15.

São Pedro e São Paulo, ambos são considerados “os cabeças dos Apóstolos” por terem sido os principais líderes da Igreja Cristã Primitiva, tanto por sua fé e pregação, como pelo ardor e zelo missionários. Pedro era um pescador, mas convidado pelo Cristo, tornou-se grande discípulo do Mestre, aquele a quem Jesus entregou as “chaves da Igreja”. Pedro escreveu duas Epístolas e foi martirizado por anunciar o Cristo.

Saulo, nome de São Paulo antes de sua conversão, foi grande perseguidor dos cristãos, sendo, inclusive, responsável pela morte de muitos. Converteu-se após ouvir o chamado do próprio Cristo. Após este episódio, tornou-se grande evangelizador e escreveu diversas Epístolas. Paulo também foi martirizado por pregar o Evangelho.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here