O Motoclube Eu, Gata e Cão Fiel está à frente da organização da festa Rock no Posto, que acontece nesta sexta-feira (22)

Muito rock e animação vão rolar nesta sexta-feira (22) na cidade. Trata-se do Motoclube Eu, Gata e Cão Fiel, que vai agitar a tarde com a festa Rock no Posto, que acontece no Posto Via Norte, a partir das 17h O evento que aconteceria na quarta-feira, feriado da Conciência Negra, devido as chuvas foi adiado para esta sexta-feira (22) implantando estrutura de tendas.

A programação consta de som sob o comando das bandas Omnia Vincit, Canecutters e Vmax, prometendo uma tarde de muita diversão. Os organizadores Lena e Gomide ressaltam que o evento tem a proposta de reunir motociclistas e simpatizantes. Segundo eles, a expectativa é de agregar grupos com interesses parecidos interagindo com a presença do público, e reunindo em especial os motoclubes da região.

O casal frisou ainda que o evento vai contar com a presença maciça do público de Macaé e região. Eles informam ainda que a entrada é franca e que o estacionamento é gratuito para as motos.

Banda Omnia Vincit

O conjunto Omnia Vincit foi criado em 2019, e tem como objetivo prestar um tributo respeitoso à maior banda de rock nacional, a grande Legião Urbana. A sua proposta também é valorizar o mais puro rock nacional e as letras do maior poeta da música: Renato Russo.

 

Banda Canecutters

A banda Canecutters é formada por Jhoannes Cardoso (voz), Valcir Jr, (guitarra), Douglas Jëy (baixo) e Rafael Alfradique (bateria). A base fundamental da banda é o blues seguido do rock and roll. Nomes clássicos como Robert Johnson, Muddy Waters, BB King, Eric Clapton, Hendrix, Bill Withers e Celso Blues Boy estão no repertório, assim como John Mayer e outros artistas da nova geração. A banda se apresenta também com músicas autorais e versões autênticas do funk carioca em blues nos seus shows.

A banda participou do Mississippi Delta Blues Festival 2019, o maior festival da América Latina dedicado ao blues, atuando também em vários bares, festivais e casas da região de São Gonçalo, Niterói e Rio de Janeiro. A Canecutters está em estúdio gravando seu primeiro disco com músicas inéditas e mergulhadas em grandes influências para lançamento em 2019.

Banda Vmax

A Vmax é uma banda de Macaé que surgiu no final de 2017 a partir da fusão de integrantes de duas outras bandas Macaenses: The Buds e Rotativa. Luis Geraldo na Bateria, Marlon Viana e Bruno Cruz nas guitarras vieram da The Buds, já André Bevilaqua era vocalista da banda Rotativa. A última peça chave para compor a atual formação da Vmax foi a entrada do baixista Alcir Junior, integrante ainda atuante na banda Tangerine, que trouxe consigo toda a versatilidade e groove presente na banda.

O nome Vmax foi dado em homenagem aos motociclistas e aos moto clubes, locais onde a banda tem carinho e o privilégio de tocar.

Vmax trata-se de uma motocicleta de cruzeiro fabricada pela Yamaha desde 1985, conhecida por seu poderoso motor V4 de 70°, acionamento por eixo e estilo distinto. A banda, assim como a moto, possui estilo marcante e um poderoso motor composto pela pegada diferenciada dos músicos e vocais agressivos de André Bevilaqua. No repertório estão presentes sucessos do Rock N’ Roll desde a década de 70 até os tempos atuais, passando do Pop-Rock chegando até o Heavy-Metal,agradando a todos os públicos, todas com o tempero e a pegada especial da banda.

“Eu, Gata e Cão fiel”

O Motoclube “Eu, Gata e o Cão Fiel” surgiu em decorrência de duas propostas interessantes: firmar amizade entre pessoas e ganhar o mundo viajando. Assim, a ideia de fundar um motoclube surgiu de Marilena Carvalho e o marido Paulo César Lima Gomide. E em 17 de abril de 2005 foi oficialmente criado o Motoclube ‘Eu, Gata & Cão Fiel’, com a proposta de unir amigos, para se confraternizarem e viajarem. Naquela ocasião, existiam como componentes dois casais, Gomide/Lena e Maroti/Juju. Ficou definido que no Motoclube, não existiriam obrigações, já que viviam em constante cobrança em seus cotidianos.

Aos poucos, outros amigos foram aderindo à proposta e hoje ele conta com mais de 30 componentes efetivos, além de companheiros/companheiras. As reuniões acontecem para confraternização, em torno de viagens. Já rodaram mundo.

Lena faz questão de ressaltar que o Motoclube foi criado com o intuito de reunir amigos em torno dos ideais de amizade, companherismo, viagens de moto e solidariedade. Em torno desses objetivos, habitualmente participa de campanhas de solidariedade em favor dos menos favorecidos.

Segundo a Presidente Lena Gomide, os integrantes do Motoclube Eu, Gata & Cão Fiel já viajaram por todo Estado do Rio, participaram de diversos eventos no Espírito Santo, circulando ainda pelos Estados de Minas Gerais, Bahia, São Paulo, Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, além de alguns países, como Uruguai, Paraguai, Argentina, Chile, Italia, Espanha e Portugal, entre outros.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here