Representantes tomam posse no Conselho Estadual de Política Cultural do Rio de Janeiro

332

Representante do Norte Fluminense, Patrícia Veiga, é a empresária cultural, atua há mais de 30 anos no ramo e é moradora do Sana, distrito de Macaé

Para debater a política pública e disseminar atividades culturais em todo o Estado do Rio de Janeiro, na segunda-feira (2), tomaram posse, os novos eleitos do Conselho Estadual de Política Cultural, para o pleito 2019-2020. O evento aconteceu na Biblioteca Parque Estadual, no Rio de Janeiro. O Conselho é composto por 16 membros titulares e seus respectivos suplentes, indicados pela Secretaria de Estado de Cultura e 16 membros titulares e seus respectivos suplentes, representantes da sociedade civil.

Dos 16 representantes da sociedade civil, 10 são membros das regiões do Estado, eleitos nas Conferências Regionais de Cultura e, 06 membros, eleitos por votação virtual representantes dos segmentos culturais, sendo eles: artes cênicas, artes visuais, audiovisual, música, literatura e cultura popular.

A empresária e promotora de eventos, Patrícia Veiga, assumiu como titular da Região Norte Fluminense. Patrícia é moradora do Sana, distrito de Macaé e atua como fomentadora da cultura na região há mais de 30 anos. Para ela, o Conselho é um importante espaço de voz para todo Estado, que com a participação de diversos segmentos e todas as regiões, possibilita descentralizar a cultura, ampliando o acesso ao setor.

“Quero trabalhar para fazer valer os 60% de investimento na cultura para o interior do Estado. Temos que aproveitar esse novo momento para fomentar atividades culturais em todas as cidades. São muitos projetos que precisam ser fomentados”, destacou Patrícia. A suplente da Região Norte Fluminense é Ana Paula Siciliano, da cidade de Campos dos Goytacazes.

Os conselheiros regionais irão representar as seguintes cidades: Metropolitana I/Capital: Rio de Janeiro; Metropolitana II/Baixada Fluminense: Belford Roxo, Duque de Caxias, Japeri, Magé, Mesquita Nilópolis, Nova Iguaçu, Paracambi, Queimados, São João de Meriti e Seropédica; Metropolitana III/Leste Fluminense: Itaboraí, Maricá, Niterói, Rio Bonito, São Gonçalo e Tanguá; Região Noroeste Fluminense: Aperibé, Bom Jesus do Itabapoana, Cambuci, Italva, Itaocara, Itaperuna, Laje do Muriaé, Miracema, Natividade, Porciúncula, Santo Antônio de Pádua, São José de Ubá e Varre Sai; Região Norte Fluminense: Campos dos Goytacazes, Carapebus, Cardoso Moreira, Conceição de Macabu, Macaé, Quissamã, São Fidélis, São Francisco de Itabapoana e São João da Barra; Região Serrana: Bom Jardim, Cantagalo, Cachoeiras de Macacu, Carmo, Cordeiro, Duas Barras, Guapimirim, Macuco, Nova Friburgo, Petrópolis, Santa Maria Madalena, São José do Vale do Rio Preto, São Sebastião do Alto, Sumidouro, Teresópolis e Trajano de Moraes; Região das Baixadas Litorâneas: Araruama, Armação dos Búzios, Arraial do Cabo, Cabo Frio, Casimiro de Abreu, Iguaba Grande, Rio das Ostras, São Pedro da Aldeia, Saquarema e Silva Jardim; Região Médio Paraíba: Barra do Pirai, Barra Mansa, Itatiaia, Pinheiral, Piraí, Porto Real, Quatis, Resende, Rio Claro, Rio das Flores, Valença e Volta Redonda; Região Centro-Sul: Areal, Comendador Levy Gasparian, Engenheiro Paulo de Frontin, Mendes, Miguel Pereira, Paraíba do Sul, Paty do Alferes, Sapucaia e Três Rios e Vassouras; Região Costa Verde: Angra dos Reis, Mangaratiba, Itaguaí e Paraty.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here