Repensar Macaé discute segurança na BR-101

219
Integrantes do Repensar Macaé junto com a equipe do Comando Geral da Polícia Militar, no Rio de Janeiro

O objetivo foi garantir maior segurança durante os quatro dias de realização da Feira Brasil Offshore

Representantes das instituições que compõem o Repensar Macaé se reuniram na quarta-feira (12) com a equipe do Comando Geral da Polícia Militar, no Rio de Janeiro. O objetivo foi garantir maior segurança no trecho da BR-101 que liga Macaé à Capital, especialmente durante os quatro dias de realização da Feira Brasil Offshore.

No encontro, os integrantes do Repensar destacaram a necessidade de reforço do policiamento na área de Manilha até o início da ponte Rio/Niterói. Atualmente, o trecho próximo a São Gonçalo possui o maior índice de roubos, de cargas e de veículos, o que afeta diretamente a rotina da indústria offshore, das empresas prestadoras de serviços e do turismo regional.

Os integrantes do Repensar foram recebidos pelo coronel Marcelo Rocha, do 4º Comando de Policiamento de Área (CPA) que apresentou todas as ações de estratégia montadas pela PM, com objetivo de elevar a segurança na área da BR-101. O planejamento será mantido por tempo indeterminado.

A PM reforçou também o empenho de garantir segurança no trecho Rio/Macaé, em virtude da realização da Brasil Offshore, que ocorre entre o dias 25 e 28 deste mês.

Na reunião, o repensar foi representado pelo presidente da Associação Comercial e Industrial de Macaé (ACIM), Francisco Navega, pelo presidente da Federação do Convention and Visitors Bureau (CVB), Marco Navega, pelo presidente do CVB Macaé, Guilherme Braga, e pelo secretário executivo da Associação Brasileira das Empresas de Petróleo (Abespetro), Gilson Coelho.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here