Canteiro de obras da UTE que ocupa espaço dentro do CLIMA - Complexo Logístico e Industrial de Macaé - Divulgação

Projeto que já garante a Macaé a referência como a “Capital da Energia”, a construção da Usina Termelétrica (UTE) Marlim Azul é acompanhada pelo Repensar Macaé.
Na última sexta-feira (8), os representantes da ACIM, Olavo Pinheiro Júnior e Emerson Esteves, da Comissão Municipal da Firjan, Evandro Cunha e Marcelo Reid, e da Rede Petro-Bacia de Campos, Vitor Silva, visitaram o canteiro de obras da UTE que ocupa espaço dentro do CLIMA – Complexo Logístico e Industrial de Macaé.

Representantes da ACIM, Olavo Pinheiro Júnior e Emerson Esteves, da Firjan, Evandro Cunha e Marcelo Reid, e da Rede Petro-Bacia, Vitor Silva visitaram o canteiro de obras da UTE – Divulgação

Recebidos pelo gerente da Arke Energia, Rogério Souza, o grupo de empresários recebeu informações sobre o andamento das etapas das obras e o prazo de conclusão.
Segundo a Arke, a Usina Termelétrica Marlim Azul esta prevista para ficar pronta no final de 2022, garantindo assim a produção e fornecimento de energia elétrica a partir de janeiro de 2023.
“A termelétrica representa a nova fase de desenvolvimento de Macaé, baseada no potencial do gás produzido na Bacia de Campos. A Marlim Azul abre um campo importante para a produção de energia, que atrairá ainda mais investimentos para a cidade”, afirma Emerson Esteves.
A UTE terá capacidade de produzir 565,5 MW de energia, e será a primeira Usina Termelétrica a utilizar gás produzido no pré-sal, fornecido pela Shell.

O Repensar

O Repensar Macaé é composto pela ACIM, Comissão Municipal da Firjan, Rede Petro-Bacia de Campos, Federação do Conventions and Visitors Bureau (CVB), Sociedade de Engenheiros do Petróleo (SPE), Sebrae, Associação Macaense de Contabilistas (AMACON), Associação Brasileira das Empresas de Serviços do Petróleo (Abespetro) e Internacional Association of Drillings Contractors (IADC).

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here