Pronta Ação continua trabalho no Lagomar

172
Conjunto Habitacional tem infraestrutura urbana completa para moradores

Trabalho de demolição de construções irregulares segue nesta semana no Parque Nacional de Jurubatiba

A Equipe de Pronta Ação continua nesta semana o trabalho de demolição de construções irregulares na área de amortecimento do Parque Nacional de Jurubatiba, no bairro Lagomar. A ação, que iniciou dia 4, além de contribuir para a preservação do local, evitará novas ocupações.

A Secretaria de Habitação disponibilizou engenheiros, arquitetos e assistentes sociais durante todo o processo da ação, como também na mudança das famílias que, desde maio, já estão na nova residência no Conjunto Habitacional Carlos Emir, na Ajuda.

De acordo com a demanda, será necessária a ação por mais três vezes nesta semana, a fim de concluir a demolição de cerca de 60 construções. O objetivo agora, visto que as famílias já estão realocadas com segurança e dignidade, é a recuperação da área do Parque. “Foi necessário prolongar a ação. Já com as famílias realocadas, seguimos trabalhando com a preocupação de recuperar a área, que foi degradada com a ocupação irregular”, explica a Secretária de Habitação Tânia Jardim, que acompanha de perto a ação.

Os engenheiros da Habitação, Edson Avelar e Vinícius Vanderley também explicam que o importante é completar a ação, não apenas a demolição e a realocação das famílias, como também a recuperação da área. “Estão sendo demolidas as construções, e recolhidos os respectivos resíduos da construção civil que se encontram no perímetro que compreende a faixa de amortecimento do Parque Nacional da Restinga de Jurubatiba”, explica Edson.

As demolições são necessárias e já estavam previstas no cronograma de mudança das famílias. O objetivo, de acordo com a Secretaria Adjunta de Habitação, é a preservação da área, evitando novas construções indevidas.

A equipe de Pronta Ação é uma comissão formada pelas secretarias de Habitação, Ordem Pública, Defesa Civil, Obras, Meio Ambiente, Serviços Públicos, Mobilidade Urbana, Procuradoria, além da Policia Militar.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here