Projeto Novo Olhar entrega mais de 500 óculos em Quissamã

352
A distribuição aconteceu na Escola Municipal Professora Tânia Regina, no bairro Alto Alegre

Prefeita Fátima Pacheco participou do evento ao lado do vice-prefeito Marcelo Batista

Mais de 500 pessoas participaram na última quinta-feira (6) da entrega de óculos realizada pelo Projeto “Novo Olhar”. A iniciativa é uma ação Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia, Inovação e Desenvolvimento Social, por meio da Fundação Leão XIII, em parceria com a Prefeitura de Quissamã. A distribuição aconteceu na Escola Municipal Professora Tânia Regina, no bairro Alto Alegre.

Ao todo, foram distribuídos 509 óculos para a população. A entrega foi a segunda etapa do projeto. A primeira aconteceu no final de julho, quando os interessados passaram por exames oftalmológicos. Cada óculos foi feito de acordo com as necessidades dos clientes.

A prefeita Fátima Pacheco falou da iniciativa. “A população está recebendo óculos de excelente qualidade e só temos a agradecer a parceria com o governo do Estado. A expectativa é de que, no futuro, a ação envolva também crianças, por meio do projeto Kids”, frisou, ao lado do vice-prefeito Marcelo Batista.

A secretária municipal de Assistência Social, Tânia Regina Magalhães, explicou que a ideia de trazer o projeto para a cidade surgiu no ano passado ao perceber que havia uma procura muito grande para o serviço. “Esse é um projeto muito solicitado pelos municípios e felizmente conseguimos trazer o serviço para Quissamã”, ressaltou.

Márcia Santos, superintendente dos Centros Comunitários de Defesa do Cidadão (CCDCs), disse que o projeto já foi levado a várias cidades da região. “O Novo Olhar é um uma iniciativa que vem dando certo e que tem contribuído para uma melhor qualidade de vida das pessoas”, completou.

Os contemplados ficaram felizes com os novos óculos. “Há algum tempo o médico havia dito que eu teria que usar óculos, mas ainda não tinha conseguido comprar. Quando soube do projeto não pensei duas vezes. É muito bom saber que temos uma Prefeitura preocupada com a gente”, disse o estudante Arialdo da Silva Nascimento Gomes.

Quem também elogiou a iniciativa foi Eduardo de Souza. “Muitas pessoas, com certeza, não teriam condições de comprar um óculos. O projeto garante esse acesso”, disse. A aposentada Maria José do Espírito Santo, de 86 anos, aprovou a qualidade. “O produto é muito bom. Atendeu minhas expectativas”, completou.