Projeto discute violência contra a mulher na escola

207
Alunos do Colégio Municipal Botafogo recebem orientações sobre violência contra mulher

Durante a roda de conversa, os alunos também conheceram as ações da Patrulha Maria da Penha

A cada dois segundos uma mulher é vítima de violência física ou verbal. A importância dessas informações foi transmitida, na quinta-feira (14), aos alunos dos 8º e 9º anos do Colégio Municipal Botafogo. O projeto “Maria da Penha vai nas Escolas” fez um alerta os estudantes. A ação faz parte da programação do mês da mulher, uma iniciativa do Centro Especializado de Atendimento à Mulher (Ceam), curso de Direito da UFF/Macaé, Patrulha Maria da Penha, da Secretaria de Ordem Pública, Secretaria de Educação e Juizado Especial Adjunto Criminal/Juizado de Violência Doméstica.

A coordenadora do Ceam, Jane Roriz, destacou que a violência contra a mulher não pode ser normalizada. “Já conquistamos vários avanços, porém, estamos aqui para que vocês possam estar levando informações para pessoas próximas. Além da Lei Maria da Penha, que resguarda a mulher vítima de violência, temos diversos equipamentos públicos para garantir seus direitos”, acrescentou Jane.

O Centro Especializado de Atendimento à Mulher tem uma rede de multiplicadores, incluindo profissionais da 123ª Delegacia de Polícia de Macaé, do 32º Batalhão de Polícia Militar, Defensoria Pública, Juizado Criminal, Ministério Público, Secretaria de Saúde e Hospital Público Municipal (HPM).

Durante a roda de conversa, os alunos também conheceram as ações da Patrulha Maria da Penha, que funciona com atendimento 24 horas. Além do atendimento individual para a mulher que necessita de ajuda, a patrulha também atua com fiscalização de medidas protetivas, com possível prisão em caso de desacato à medida judicial. Quem quiser manter contato com a Lei Maria da Penha também pode ligar para os números 2796-1328 e 99707-2085 (WhatsApp).

Programação

A programação continua no dia 18, às 8h, com o projeto “Maria da Penha Vai nas Escolas”, na Escola Estadual Municipalizada Leonel de Moura Brizola.

O tema “Mulher nos tempos atuais, mas com velhos desafios” será abordado no dia 20, às 9h, com usuárias e profissionais do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) da Serra, localizado na Avenida Miguel Peixoto Guimarães, s/nº, Córrego do Ouro. As atividades prosseguem no dia 21, às 7h30, com a oficina “Maria da Penha vai nas Escolas” no Colégio Municipal Dr. Cláudio Moacyr de Azevedo.

A oficina “Mulher nos tempos atuais, mas com velhos desafios” também será realizada no Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS I), no dia 26, às 9h. O espaço é localizado na Rua Alfredo Backer, 640, Centro. No dia 28, às 10h40, a mesma atividade acontecerá no Colégio Estadual Municipalizado Raul Veiga.

No dia 27, às 9h, acontecerá o Fórum de Direito da Mulher da Região Norte, no auditório do Centro Administrativo Luís Osório (Cealo), na Rua Presidente Sodré, 466. O evento está sendo realizado pelo Conselho Municipal dos Direitos da Mulher (Comdim Macaé), com o apoio da Coordenadoria Geral de Políticas para as Mulheres, da Secretaria de Desenvolvimento Social, Diretos Humanos e Acessibilidade.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here