Atividades começaram em grande festa na Orla do Cavaleiros

Dezenas de crianças receberam o “batismo” em um banho coletivo na Praia do Cavaleiros

Começou na manhã de segunda-feira (14) um dos projetos mais esperados do verão, o Projeto Botinho, do Corpo de Bombeiros. Sob o comando do tenente-coronel Amdré Siqueira, em parceria com a Petrobras, que patrocina o projeto doando uniforme, materiais usados nas aulas e lanches, o projeto visa a integração social entre crianças de 7 a 17 anos de diversas classes sociais que abrange todo o estado do Rio de Janeiro e, também, desenvolver a cidadania para um futuro melhor.

Ao todo, são 150 crianças inscritas entre as idades de 7 a 17 anos. Para os guarda-vidas do 9° GBM de Macaé, a expectativa em relação ao Botinho é a melhor possível devido ao rendimento dos alunos. “É um projeto que cresce a cada ano e neste temos cerca de 150 crianças, mais do que o ano passado, temos ainda o grupo das Sereias, que são as mães ou responsáveis pelos alunos e que resolvem também se exercitar. Então é muito gratificante ver esse resultado a cada ano, pois cuidamos desse projeto com bastante carinho”, destacaram os instrutores do projeto que são guarda-vidas.

A cerimônia de abertura iniciou com a apresentação das turmas. O projeto é gratuito e desenvolvido através de uma parceria entre a Secretaria de Estado da Defesa Civil e o Corpo de Bombeiros Militar do Rio de Janeiro.

Além dos jovens, cerca de 100 mães participam este ano do Projeto Sereia, recebendo noções básicas de salvamento e recuperação de afogados, além de participar das atividades educativas. A ideia é integrar mães e filhos, além de proporcionar a oportunidade delas praticarem educação física e entrar em forma.

Além de uniformes, os participantes do Botinho recebem assistência médica e lanche durante as aulas. Ao final do curso, cada um receberá um diploma e uma carteira de integrante do projeto.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here