Programa de Microcrédito completou um ano de funcionamento em Quissamã

68
Um dos primeiros contemplados com o Programa de Microcrédito foi o comerciante Décio Luiz Chagas, do bairro da Penha

A coordenadora do Programa, Vera Lúcia Patrocínio, informou que para este ano o percentual de juros ficará menor

Lançado em 16 de janeiro de 2018 como um importante instrumento de geração de emprego e renda, o Programa Municipal de Microcrédito Produtivo Orientado – Acreditar Microempreendedor, completou um ano de funcionamento com resultados positivos. De acordo com balanço apresentado pela secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Turismo, em 12 meses, foram realizados 275 atendimentos a microempreendedores formais e informais, 276 recebimentos de inscrições para as Oficinas do Sebrae; nove propostas de crédito aprovadas pelo Comitê de Microcrédito, sendo cinco com crédito liberado em 2018 (dois destes clientes já quitaram seus financiamentos e um teve nova solicitação aprovada em dezembro); e ainda das nove propostas, três estão empenhadas e o crédito estará disponível neste mês de janeiro.

Para 2019, a perspectiva é ampliar esses números. “Nossa meta é alavancar o Programa no sentido de ampliar o número de créditos liberados e empreendedores capacitados. Com esse objetivo, faremos contato direto com os empreendedores para apresentar a proposta e incentivá-los, mostrando a experiência de pessoas que aderiram ao microcrédito. Temos casos de pessoas que já estão partindo para o segundo crédito e isso demonstra o sucesso da iniciativa”, disse o secretário Arnaldo Mattoso.

A coordenadora do Programa, Vera Lúcia Patrocínio, informou que para este ano o percentual de juros ficará menor, ou seja, o crédito ficará mais barato em função da queda da taxa Selic, que poderá reduzir de 0,58% para 0,53%, aproximadamente, ao mês. “Esse dado será confirmado pela secretaria municipal de Fazenda e depois publicado em decreto ainda este mês. Nosso objetivo é fazer com que, no caso de MEI, especificamente, tenha condições de alavancar seu negócio tanto no campo financeiro quanto a estruturar seu negócio na área de gestão”, explicou.

Um dos primeiros contemplados com o Programa de Microcrédito foi o comerciante Décio Luiz Chagas, do bairro da Penha. Ele que atua no ramo há 31 anos e há oito anos tornou-se microempreendedor, destaca que a iniciativa facilitou a sua vida e melhorou seu negócio. “Com o dinheiro na mão, pude comprar mercadorias em grande quantidade, pagar à vista e com preço mais acessível, coisa que antes não era possível porque eu comprava com boletos e acabava pagando juros. Indico o Microcrédito para todos os comerciantes, pois me ajudou bastante. Além disso, a taxa de juros é bem pequena, acessível e não pesa no bolso na hora de pagarmos”, destacou.

Para aderir ao Programa, Décio participou de várias oficinas gratuitas do Sebrae-RJ, onde aprendeu técnicas e ferramentas de como gerenciar seu negócio. “Os cursos oferecidos nas oficinas são muitos bons. Só tenho a agradecer a todos pela oportunidade”, completou o comerciante.

A inciativa instituída pela Lei nº 1712, de 21 de setembro de 2017, é uma ação da Prefeitura de Quissamã, por meio da secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Turismo, via Fundo Municipal de Desenvolvimento Econômico (FMDE), vinculado a uma Coordenação específica de Microcrédito e cria uma linha especial de financiamento, de até R$ 5 mil por interessado, com taxa de juros reduzida.

Para solicitar o Microcrédito o interessado deve estar em dia com as obrigações fiscais (pessoa jurídica); não ter restrições cadastrais no SERASA/SPC; apresentar fiador com renda comprovada; ter empreendimento de, no mínimo seis em funcionamento na cidade; e morar em Quissamã há, no mínimo, dois anos e ter referências pessoais e uma bancária.

Para obter mais informações, os interessados devem procurar a Coordenação de Microcrédito, que funciona na Casa do Empreendedor, de segunda a quinta feira, das 8h às 11h30 e das 13h30 às 17h, e às sextas-feiras, das 8h às 12h.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here