O transcurso do ano velho para o novo ano, ou seja, a tradicional virada 20/21, mostrou que embora os governantes de municípios e estados envidassem todos os esforços para combater o coronavírus, proibindo eventos particulares ou públicos evitando aglomerações para diminuir o número de infectados que cresce a cada dia, foi de intensa expectativa, e de certa forma levado em consideração por alguns, enquanto muitos preferiram descumprir as regras e, mesmo proibidos, realizaram aglomerações até com o acinte de armas em punho em algumas comunidades, como mostrou imagens exibidas pela televisão.

Mas enquanto as autoridades faziam as recomendações de segurança para evitar a transmissão do vírus, foi iniciada uma “grande guerra” para saber quem primeiro vai conseguir a aprovação de alguma vacina para ser aplicada na população que, passou a ter pressa para se ver livre do perigo de infecção, considerando que não existe outro remédio tão eficaz, medida que já vem sendo adotada por vários países, enquanto no Brasil, governadores e prefeitos, trocam farpas com o Presidente da República, que já declarou não ter pressa por não se encontrar nos grupos de risco.

A proibição das tradicionais festas em várias cidades brasileiras, a principal delas em Copacabana que reúne a cada ano cerca de 2 milhões de pessoas, foi um balde de água fria nos empresários de turismo e de hotelaria, dentre outros segmentos, que agora vão ter de aguentar todo o transcurso do ano e, se as vacinas aprovadas forem aplicadas na maioria da população, permitindo no futuro que sejam feitas aglomerações, será a vez de sair do prejuízo. Mas se por aqui não houve a tradicional queima de fogos, alguns países do mundo mostraram como, sendo organizados, conseguiram fazer a festa.

Todos sabem que a pressa é inimiga da perfeição. Mas que as vacinas sejam logo aprovadas pela Anvisa, sejam adquiridas pelos governos estaduais e federal, e a população comece a ser imunizada a tempo, não de aproveitar o Carnaval que por força das circunstâncias, também será adiado, mas para ter tranquilidade e planejar a vida para o próximo réveillon.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here