: Última etapa vem focando os trabalhos na parte interna da estrutura do Viaduto da RJ-106

Estrutura na Rodovia Amaral Peixoto (RJ-106) está passando por reforma na sua estrutura

Considerado um dos acessos de maior importância na ligação entre as áreas Sul e Central da cidade, o viaduto situado na Rodovia Amaral Peixoto (RJ-106), na Praia Campista, segue recebendo as obras de melhorias. De acordo com a prefeitura, os trabalhos foram divididos, desde o início, em três fases, estando atualmente na última etapa. Essa fase consiste na recuperação da estrutura inferior, já totalmente escorada no início do processo. A prefeitura explica que nas primeira e segunda fases foram feitos o escoramento da estrutura e a recuperação da parte superior dos tabuleiros.

A obra é executada pela Secretaria de Infraestrutura, por meio da Secretaria Adjunta de Obras. O Viaduto foi projetado para uma carga de 24 toneladas e, com as obras, o limite vai passar para 45 toneladas para atender à Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT).

A recuperação do tabuleiro já feito na parte superior do Viaduto antes do Carnaval, onde são necessários 30 dias para a “cura” do concreto, fundamental para que o material alcance melhor desempenho.
Com os trabalhos concentrados na parte inferior, os profissionais atuam na finalização do apicoamento das estruturas para retirada de todo o concreto velho dos tabuleiros e vigas, e posterior reforço dos mesmos. A previsão é que a obra seja concluída neste primeiro semestre.

“Toda a estrutura inferior está sendo recuperada, assim como já foi feito na parte superior”, explica o secretário Adjunto de Obras, Marcelo Mussi.

Obras iniciaram em 2018

As obras vêm sendo realizadas desde o ano passado quando, inclusive, chegaram a ficar paralisadas. Moradores dos bairros do entorno procuraram o jornal O DEBATE inúmeras vezes para cobrar do poder público o início dos trabalhos e esclarecimentos por conta do valor da recuperação da estrutura.

Naquela época, a nossa equipe de reportagem chegou a visitar o local, onde pôde comprovar as denúncias. Além disso, também foram detectados problemas na ocasião. Um deles foi presenciado nas colunas de sustentação, onde era possível notar que elas já estavam desgastadas e os ferros aparentes.

No local, a placa da obra instalada informa que o valor investido é de R$ 1.201.720,61, quantia destinada para a contratação de uma empresa especializada em construção civil para realizar o reforço e recuperação do viaduto. O contrato prevê que ela terá que oferecer a mão de obra, o material e os equipamentos necessários.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here