Além da Casa da Vacina, Dia D acontecerá em mais 34 unidades de saúde na cidade e nos distritos serranos - O DEBATE Arquivo

Vacinação será voltada para os adultos, com idade até os 49 anos. Doses serão aplicadas das 8h às 17h, em 35 unidades de saúde

Com o surgimento de casos de sarampo em vários estados do país, o Ministério da Saúde tem intensificado a imunização em todo o país. Com o objetivo de imunizar o público adulto, a Prefeitura de Macaé irá realizar neste sábado (30), o Dia D de Vacinação. Segundo a Secretaria de Saúde, a ação será voltada para pessoas com até 49 anos que não tenham recebido a dose.

O atendimento neste sábado será das 8h às 17h, em 35 unidades de saúde na cidade e também nos distritos serranos. São elas: Casa da Vacina, Pronto-socorro Aeroporto, ESF Bosque Azul, ESF Ajuda (Baixo e Cima), ESF Aroeira, ESF Aterrado do Imburo, ESF Barra/ Brasília, ESF Jardim Franco, ESF Areia Branca, ESF Bicuda Grande, ESF Bicuda Pequena, ESF Botafogo, ESF Cajueiros, ESF Campo do Oeste, ESF Córrego do Ouro, ESF Engenho da Praia, ESF Frade, ESF Fronteira, ESF Glicério, ESF Horto, ESF Imbetiba, ESF Lagomar (A/D e B/C), ESF Malvinas (A/C e B), ESF Morro de São Jorge, ESF Nova Esperança, ESF Nova Esperança, ESF Praia Campista, ESF Sana, ESF Trapiche, ESF Virgem Santa, ESF Visconde de Araújo e ESF Barramares.

Segundo a prefeitura, o Dia D visa facilitar o acesso da população a campanha de vacinação, ampliando a cobertura no município. Essa é a segunda ação do tipo. No dia 19 de outubro teve uma edição voltada para o público infantil. De acordo com a Secretaria de Saúde, foram imunizadas 344 crianças, com idade entre seis meses e cinco anos, somente nesse dia.
Nos demais dias, de segunda a sexta-feira, a vacinação é feita para todos os públicos.

Por esta razão, o município não iniciou uma segunda fase, dando apenas seguimento ao trabalho de imunização que foi intensificado desde o início da campanha, no começo de outubro.

A vacinação contra o sarampo é destinada a crianças a partir de seis meses a pessoas com até 49 anos de idade que nunca tenham se vacinado ou não tenham o registro da imunização. Para quem possui o documento, é importante apresentar a carteira vacinal para conferência e atualização.

Sobre a doença

O sarampo é uma doença infecciosa grave, causada por um vírus, que pode ser fatal. Sua transmissão ocorre quando o doente tosse, fala, espirra ou respira próximo de outras pessoas. A única maneira de evitar o contágio é pela vacina.

Os sintomas são: febre acompanhada de tosse; irritação nos olhos; nariz escorrendo ou entupido; e mal-estar intenso. Segundo o Ministério da Saúde, em torno de 3 a 5 dias podem aparecer outros sinais e sintomas, como manchas vermelhas no rosto e atrás das orelhas que, em seguida, se espalham pelo corpo. Após o aparecimento das manchas, a persistência da febre é um sinal de alerta e pode indicar gravidade, principalmente em crianças menores de 5 anos de idade. Em caso de suspeitas, a pessoa deverá procurar um atendimento médico.

Vale ressaltar que a vacina é contraindicada durante a gestação pois são produzidas com o vírus do sarampo vivo, apesar de atenuado. A gestação tende a diminuir a imunidade da mulher, o que deixa o sistema imunológico mais vulnerável e, por isso, a vacina pode desenvolver a doença ou complicações.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here