A Defesa Civil de Rio das Ostras e a Secretaria de Manutenção de Infraestrutura Urbana e Obras Públicas continuam atuando em regime de 24 horas em toda cidade para minimizar os problemas ocasionados pelas fortes chuvas que caem em grande volume no Estado do Rio de Janeiro.

A Prefeitura decretou o Estado de Emergência e realiza drenagem nos pontos de alagamento e vistoria em todos os pontos de desague para verificar o funcionamento da drenagem.

Várias localidades do município ainda sofrem com alagamentos e as mais afetadas são: Âncora, Cidade Praiana, Palmital, Recanto e Cantagalo. Até o momento, nenhuma ocorrência mais grave foi registrada, porém, o número de desalojados é de 24 pessoas e o de desabrigados 37, que se encontram no Espaço Bem Maior, em Nova Esperança.

Ainda em função das fortes chuvas muitas linhas de vans tiveram seus itinerários e horários alterados, a saber: Cantagalo, Cidade Praiana, Nova Cidade, Âncora, Cidade Beira Mar e Rocha Leão.

Por questões de segurança, equipes da Secretaria de Transportes Públicos, Acessibilidade e Mobilidade Urbana, em conjunto com a Guarda Municipal, estão nas ruas para fazer manutenção dos sinais que apresentarem problemas e orientando o trânsito. Porém, esse trabalho de manutenção dos semáforos envolve riscos por conta de alimentação feita pela rede elétrica e requer atenção redobrada dos servidores.

Por determinação da Secretaria de Educação, Esporte e Lazer, as aulas nas escolas da Rede Municipal foram suspensas nesta sexta-feira, dia 9.

Vale destacar que os postos de saúde estão abertos, mas podem apresentar atendimento irregular, uma vez que alguns servidores encontram dificuldades de chegar ao local de trabalho.

O Posto de Saúde de Cidade Praiana funciona, porém, com alagamentos em seu entorno. Quanto ao Posto de Saúde do Âncora, o funcionamento nesta sexta-feira, 9, não foi possível.

Vale ressaltar que os telefones da Defesa Civil são 199 / 2760-8394.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here