Prefeito eleito Welberth Rezende - Divulgação

Encerrando hoje o prazo do processo eleitoral ocorrido dia 15 de novembro quando foram eleitos prefeito, vice e 17 vereadores, com a diplomação, que normalmente ocorre em cerimônia pública, que deveria ser presidida pela juíza Suzane Viana Macedo, diferente de outras ocasiões, não haverá solenidade pública e a entrega dos diplomas não será presencial, como foi previsto no dia 9 de mês, quando os eleitos receberam ofício marcando hora para comparecer ao cartório para retirar o diploma.

Considerando o aumento das infecções do Covid-19 que ampliou o covidímetro para a bandeira vermelha, a decisão foi alterada e os diplomas serão enviados aos eleitos de forma digital, como informou ontem a Chefe do Cartório da 254ª Zona Eleitoral, Brunella Amorim Pagotto e não será exigida a presença dos eleitos, como previsto anteriormente.

O diploma oficializa o resultado registrado nas urnas e os eleitos, como estabelece a legislação,  deverão estar com a prestação de contas em dia. “Foi a maneira de evitar aglomerações e também o perigo de transmissão do coronavírus”, disse Burnella Pagotto.

Como houve a informação anterior de que o candidato eleito deveria comparecer ao cartório para receber o diploma a partir das 13 horas desta sexta-feira (18), esta decisão foi alterada e todos deverão aguardar o diploma digital que será enviado pelo Cartório da 254{ Zona Eleitoral.

Prefeito eleito Welberth Rezende (Cidadania), que obteve 26.060 votos, o vice-prefeito Celio Chapeta (PSDB)

Vão receber o diploma o prefeito eleito Welberth Rezende (Cidadania), que obteve 26.060 votos, o vice-prefeito Celio Chapeta (PSDB), os 17 vereadores Cesinha (PROS) 2856 votos; Edson Chiquini (PSD) 2830 votos; Alan Mansur (Cidadania) 2474 votos; Paulo Paes (DEM) 1.898 votos; Iza Vicente (REDE) 1.877 votos; Luiz Matos (Republicanos) 1.873 votos; Thales Coutinho (Podemos) 1.822 votos; Tico Jardim (PROS) 1.817 votos; Rafael Amorim (PDT) 1.795 votos; Guto Garcia (PDT) 1.625 votos; George Jardim (PSDB) 1.471 votos; Rond Macaé (Patriota) 1.457 votos; Luciano Diniz (Cidadania) 1.426 votos; Reginaldo do Hospital (Podemos) 1.389 votos; José Prestes (PTB) 1.347 votos; Professor Michel (Patriota) 1.039 votos; e Amaro Luiz (PRTB) 972 votos.

Os três suplentes que vão ser diplomados são: Eron Silvino (PSD) 1.811 votos; Dr. Luiz Fernando (Cidadania) 1.375 votos e Dr. Augusto Cesar (DEM) 1.223 votos.

Com a diplomação dos eleitos, na prática encerra-se o processo eleitoral de 2020 e agora, aguarda-se com expectativas o período de transição de governo e os nomes dos futuros secretários que vão compor o novo governo com a posse dos eleitos no dia 1º de janeiro de 2021.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here