Foto: Rui Porto Filho

Diante do cenário de rápida e assustadora de evolução da Covid-19 no município, e aceitando as recomendações da 1ª Promotoria de Justiça de Tutela Coletiva Núcleo Macaé do Ministério Público (MP), o prefeito Welberth Rezende pretende adotar novas medidas restritivas no sentido de reforçar o enfrentamento ao contágio local do Coronavírus nesta atual fase de “bandeira vermelha” (alto risco de contaminação).

O Chefe do Executivo Macaense usará o canal do Facebook da prefeitura, através de transmissão ao vivo, às 20h desta quarta-feira (24), para apresentar à população as novas restrições que serão instituídas por decreto e publicado no Diário Oficial do Município. Neste sentido, a Prefeitura de Macaé adotará novas medidas restritivas sobre as atividades econômicas não essenciais, visando reduzir a circulação de pessoas em áreas públicas da cidade.

O sinal de alerta soou forte na madrugada de segunda para terça-feira, em que a taxa de ocupação de leitos de CTI disponíveis na cidade subiu para quase 80%. Na terça-feira (22), o Centro de Triagem do Paciente com Coronavírus de Macaé (CTC) realizou, durante as 24 horas, 390 atendimentos, e os casos mais graves foram encaminhados aos hospitais da cidade.

A cidade registrou mais quatro óbitos: quatro homens, incluindo um rapaz de 37 anos, sem histórico de comorbidades, sendo o primeiro caso de falecimento por covid fora da faixa considerada de risco (idosos com comorbidades). Macaé contabiliza 340 óbitos por Covid-19.

As taxas do município, nesta terça-feira (23/03), são: de ocupação de leitos terapia intensiva SUS Covid-19, 79%; de letalidade 1,5 e de taxa de incidência 261,6 (média semanal).

Segundo o secretário adjunto de Média e Alta Complexidade, Antônio Fábio Tostes Linhares Soares, o quadro geral de contaminação também mudou. Nesta atual fase, adolescentes e adultos com idade entre 55 e 60 anos representam mais de 50% do número de pacientes internados nos leitos de CTI da rede de saúde em Média e Alta Complexidade, um perfil diferente do identificado no primeiro pico da pandemia, em 2020.

Em nota oficial, a prefeitura informou que adotará novas medidas restritivas sobre as atividades econômicas não essenciais e a circulação de pessoas em áreas públicas da cidade.

“Hoje existe um novo perfil de contágio, onde a evolução do quadro clínico para o estágio grave ocorre em quatro dias, em pacientes com faixa etária mais jovem. No início da pandemia, esse processo ocorria em sete dias, na incidência de pessoas idosas”, explica o secretário.

Por outro lado, o painel do Governo do Estado informou que Macaé já teria atingido o índice de 100% de ocupação. Um dado incorreto, já que o número de leitos considerado pela administração estadual estava desatualizado, já que a Prefeitura de Macaé implanta novas UTIs de atendimento ao Covid-19, aumentando de forma expressiva o número de leitos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here