Com 130 km² de área, sendo 40 km² de reserva ambiental, o Complexo conta, hoje, com 13 empresas instaladas

Evento realizado pelo Fórum Permanente de Desenvolvimento Estratégico do Estado reuniu cerca de 80 pessoas de diversos setores

O Complexo do Porto do Açu, em São João da Barra, foi um dos participantes do Seminário “Desafios do Emprego no Estado do Rio de Janeiro”, realizado nesta sexta-feira (17) na Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj). O evento, que foi promovido pelo Fórum Permanente de Desenvolvimento Estratégico do Estado, discutiu o papel do desenvolvimento regional na construção de estratégias de emprego e renda.

No encontro, o gerente de Relações Institucionais da Porto do Açu Operações, Caio Cunha, apresentou os principais números do empreendimento, e destacou o potencial de crescimento do Açu para os próximos anos. “Nos próximos 5 anos estão previstos R$ 162 bilhões de investimentos no estado do Rio de Janeiro. Deste total, cerca de R$ 19 bilhões, que é equivalente a 12% do total, serão aplicados no norte fluminense, principalmente na região do Açu”, destacou.

Entre os investimentos em andamento no Complexo está a construção de uma termelétrica a gás natural e um terminal de regaseificação, que estão sendo desenvolvidos pela GNA (Gás Natural Açu) e começam a operar em 2021. Além destes, está prevista a construção de mais uma termelétrica a gás natural (com operação em 2023), heliporto, condomínio logístico e hotel, entre outros.

O executivo também destacou a importância do poder público na condução de políticas que possam viabilizar os investimentos previstos. “Uma política estruturada na atração de investimentos, com agências de fomento, regulação definida e clara, e suporte em infraestrutura – como rodovias e ferrovias, é essencial para que o Estado do Rio de Janeiro confirme os investimentos previstos e retome sua capacidade de geração de emprego”, afirmou Cunha.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here