O objetivo é realizar trabalho integrado com a Patrulha Maria da Penha da Guarda Municipal - Foto Rui Porto Filho Secom

Sétima edição do “Abraço à Irmandade” aconteceu na manhã do último sábado

Mais uma vez vários cidadãos macaenses se uniram em prol do Hospital São João Batista e deram um grande “Abraço à Irmandade”. O gesto solidário aconteceu na manhã do último sábado (7) no entorno da instituição. Há cerca de 150 anos, o hospital presta atendimento à população macaense e de toda a região. Nos últimos anos, a entidade vem sofrendo com problemas financeiros. O abraço tem como objetivo chamar atenção da sociedade, dos empresários e do poder público sobre a sua importância e também buscar alternativas para reverter essa situação.

Do total de leitos, 65% deles são destinados aos pacientes atendidos pelo Sistema Único de Saúde (SUS). A sua filosofia é atender aqueles que mais precisam de ajuda. Por isso, é importante que a população abrace a causa. O movimento surgiu em 2013, através de alunos da UFRJ (Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro), tendo início pelas redes sociais, o que foi decisivo para a grande adesão da sociedade como um todo.

Esse gesto simboliza a união de toda a sociedade na conscientização sobre a necessidade de manutenção do equilíbrio financeiro e da adequação física e tecnológica do Hospital São João Batista. A instituição é considerada como referência na região em vários tipos de atendimento, como, por exemplo, a cirurgia cardíaca.

Nas edições anteriores, o entusiasmo tomou conta de centenas de pessoas, que andaram de mãos dadas no quarteirão do Hospital São João Batista. A grande corrente de solidariedade contou com a presença de mais de mil pessoas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here