Moradores e comerciantes vivenciaram noite de intensa troca de tiros entre traficantes rivais e polícia

Moradores vivem momentos de terror durante intenso tiroteio na noite de última terça-feira (24)

Moradores dos bairros Novo Horizonte e Sol Y Mar, e outras comunidades vizinhas, passaram por momentos de grande terror na noite da última terça-feira (24), quando aconteceu um intenso tiroteio traficantes da Favela da Linha e Novo Horizonte. O confronto, que durou mais de três horas, deixou todos desesperados.

O confronto começou por volta das 19h30min, onde carros e motocicletas entraram na contramão na rua de trás do Ginásio Poliesportivo e seguiram em direção ao bairro Novo Horizonte, efetuando diversos disparos de arma de fogo contra o morro da localidade.
Durante o confronto, uma bala perdida acertou de raspão uma pessoa que estava saindo do supermercado que fica de frente para o bairro. A vítima foi atingida por estilhaços nos pés e teve ferimentos leves.

Comerciantes fecharam seus estabelecimentos antes do horário, e quem estava nas ruas, seguiu imediatamente para as suas residências para se proteger. De imediato a Polícia Militar foi acionada e interferiu o confronto entre traficantes, e houve mais troca de tiros.

Percebendo a gravidade da situação, a PM solicitou reforços para ajudar a controlar o conflito. Viaturas da PM passavam pelos bairros em alta velocidade em direção ao bairro.

Segundo moradores do bairro, a polícia pode ter se deparado com esta grande quantidade de traficantes no local, devido a invasão do território da Favela da Linha, na tarde de última terça-feira (24), que segundo a PM, traficantes do Novo Horizonte teria tentado invadir o bairro Cajueiros e efetuado diversos disparos de arma de fogo, onde uma pessoa morreu.

“Quem estava na rua, principalmente na via principal, ficou apavorado. Todos procuravam abrigo. Foram momentos de total desespero, foi horrível”, declarou um morador, que não quis ser identificado.

Confronto no Lagomar termina com apreensão de drogas

Um homem foi preso por tráfico de drogas, durante um confronto com a Polícia Militar (PM), na noite de terça-feira (24), no Lagomar, em Macaé. Segundo a PM, a ação foi deflagrada após informações de um possível ataque de integrantes de uma facção criminosa que atua no Lagomar, a membros de uma facção rival que domina o tráfico no Engenho da Praia. Os bairros ficam localizados quase em frente um ao outro.

Após a entrada das guarnições da PM no Lagomar, os agentes foram recebidos a tiros e iniciaram o confronto. Após o cessar fogo, um suspeito identificado como Eraldo Batista, vulgo “Negão da Nove”, foi preso na Rua W9. Dentro da cueca dele, a PM apreendeu um sacola com 12 pinos de cocaína, todos com a inscrição “Lagomar Pó 10” além de R$ 70 em espécie.

Na W9 foram apreendidos estojos de munição calibre 40, e, no local onde os policiais se abrigaram foi recolhido um projétil de calibre 9mm que atingiu o muro.

Eraldo foi levado para a 123ª Delegacia Policial de Macaé (123ª DP), onde foi autuado por tráfico de entorpecentes e ficou preso.

Homem baleado após assalto

Um homem foi baleado na coxa esquerda durante um assalto na noite de terça-feira (24), no bairro Riviera Fluminense, em Macaé.

Segundo a Polícia Militar, testemunhas disseram que dois homens, a pé, abordaram a vítima no bairro, e levaram carteira com documentos, aparelho de celular, e em seguida, atiraram na vítima. O caso foi levado investigação na 123ª Delegacia de Polícia Civil, em Macaé. Ninguém foi preso.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here