Ao todo, 41 agentes públicos participaram da operação com objetivo apreender documentos de possíveis fraudes de recursos das secretarias de Saúde - Divulgação/PF

Policiais de Macaé contaram com apoio do Ministério Público Federal e da Controladoria Geral da União

Agentes da Polícia Federal de Macaé com apoio do Ministério Público Federal (MPF)e da Controladoria Geral da União (CGU), totalizando 41 agentes públicos, deflagram a Operação ‘Octopus’ na manhã desta terça-feira (24), com objetivo cumprir 10 mandados de busca e apreensão nas prefeituras e secretarias municipais de Saúde de Búzios, Araruama, São Pedro da Aldeia, Saquarema e Iguaba Grande, municípios localizados na Região dos Lagos.

As investigações partiram do compartilhamento de informações da Operação Scepticus, na qual se apurou fraude na aplicação de recursos do Fundo Municipal de Saúde nos municípios de Carapebus e Campos dos Goytacazes.

Os indícios apontam que o mesmo esquema criminoso pode estar sendo replicado nas cidades da Região dos Lagos, com vasto prejuízo ao erário público. São alvos da investigação pelo menos sete contratações com as empresas envolvidas.

Dentre as suspeitas de fraude verificadas estão a escolha de empresas com sede em endereços residenciais, sem empregados e bens. Os contratos sob investigação se aproximam de R$ 30 milhões de reais.

Documentos e equipamentos apreendidos serão encaminhados para a delegacia da Polícia Federal de Macaé, onde o caso será registrado.

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here